Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Cristóvão coloca Henrique entre os titulares

Gazeta Press Rio de Janeiro (SP)

A diretoria do Fluminense acertou a realização de um jogo-treino para este sábado, às 9h (de Brasília), na sede das Laranjeiras. O adversário será o Boavista-RJ, que se prepara para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro. Sabendo deste teste, o técnico Cristóvão Borges utilizou o treino tático desta manhã de quarta-feira para preparar a equipe e comandou uma atividade onde exigiu bastante dos jogadores. Ao longo de todo o treino ele interrompeu diversas jogadas para acertar o posicionamento da equipe.

Em relação ao time titular, o zagueiro Henrique mostrou estar com prestígio com o novo comandante. O jogador, contratado junto ao Bordeaux, da França, ganhou a condição de titular e vai compor o setor com Gum. Assim, Fabrício, que vinha atuando desde a lesão de Elivélton, ficará como opção no banco de reservas. Outra novidade foi a presença do meia Wágner, recuperado de uma cirurgia para correção de um problema intestinal. Ele reassume o posto no meio-de-campo, auxiliando Darío Conca na criação de jogadas e deixando Chiquinho entre os suplentes.

Justamente em relação à criação de jogadas do meio-de-campo que existia grande expectativa. Isso porque, além de Wágner e Conca, o Fluminense agora conta com Cícero, contratado junto ao Santos. O jogador, porém, parece que começará sua nova caminhada nas Laranjeiras sentado no banco de reservas. Com isso, a disputa promete se tornar ainda mais acirrada.

Divulgação/Fluminense F.C.
Fluminense faz treino tático e se prepara para jogo-treino contra o Boavista-RJ

"O Fluminense conta com grandes jogadores de criação de jogadas e sabemos que vai existir uma disputa por posições, normal e sadia. Só quem tem a ganhar é o clube, a torcida e principalmente o Cristóvão, que tem boas opções para armar a equipe e fazer alterações táticas ao longo dos noventa minutos. Estamos todos muito otimistas com o sucesso da equipe no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil. O Fluminense tem condições de brigar por todos os títulos que vai ter a possibilidade de disputar", disse Wágner.

A disputa já começa a ficar tão acirrada no meio, que Chiquinho até admite a possibilidade de atuar como lateral esquerdo, posição em que foi utilizado algumas vezes na Ponte Preta.

"Acho que o time ganha com jogadores de qualidade no meio-de-campo. Além disso, o Campeonato Brasileiro é longo e desgastante e perderemos sempre peças por suspensão, enfim, todos serão utilizados. Ainda tem a Copa do Brasil. A minha preferência é jogar no meio, mas se o Cristóvão precisar de mim na lateral estarei aqui para somar", disse o jogador.

No trabalho tático desta quarta-feira o goleiro Diego Cavalieri trabalhou entre os reservas, mas apenas para ser mais exigido. Assim, o time titular teve: Kléver, Bruno, Gum, Henrique e Carlinhos; Diguinho, Jean, Wagner e Darío Conca; Rafael Sobis e Walter. Nesta quinta-feira o elenco volta a treinar na parte da manhã, nas Laranjeiras.

Fora de campo a diretoria continua sem uma resposta do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, sobre a possibilidade de emprestar o atacante Wellington Nem até o fim do ano, com o Tricolor pagando apenas os salários do jogador.