Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

David Luiz culpa pés "dez pras duas", mas Felipão lembra Marcelinho

Helder Júnior, enviado especial Fortaleza (CE)

Antes de saber que Neymar está fora da Copa do Mundo, David Luiz distribuía sorrisos por conta do gol de falta que marcou na vitória por 2 a 1 sobre a Colômbia, sendo eleito pela Fifa o melhor em campo. O zagueiro até atribuía seu chute a um ‘defeito’ físico, mas Luiz Felipe Scolari, ainda ídolo de alguns palmeirenses, preferiu lembrar Marcelinho Carioca.

Zagueiro é cria de Marcelinho

“Como ele aprendeu a chutar daquele jeito? Chegaram muitos vídeos de um jogador do Corinthians que batia faltas desse jeito chamado Marcelinho Carioca. Muito bom por sinal, batia como quase ninguém”, afirmou o treinador.

O ex-camisa 7 corintiano, que trouxe problemas ao Verdão de Scolari nos anos 1990, é dono do instituto que revelou David Luiz, assim como o meia Willian, outro membro da Seleção Brasileira. Mas não foi lembrado pelo zagueiro, que sempre assumiu torcer para o Timão desde a infância.

Risonho, o defensor brincou com seus próprios pés. “Foi a minha genética. Nasci com os pés tortos, ‘dez pras duas’, como dizemos no Brasil, e isso foi ótimo hoje”, afirmou, respondendo em inglês, mas dizendo o termo “dez pras duas” em português.

“Acertei a bola no ponto exato e ele pode ir em muitas direções, fica difícil para o goleiro. Fico feliz porque pude ajudar meu time assim”, prosseguiu David Luiz, em declarações mais sérias para atender ao repórter que citou seus gols de falta no Chelsea na pergunta durante entrevista coletiva.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
David Luiz marcou de falta o segundo gol do Brasil contra a Colômbia no Castelão