Futebol/Seleção Brasileira - ( - Atualizado )

De helicóptero, Felipão e Thiago Silva vão para BH antes do time

Tossiro Neto, enviado especial Rio de Janeiro (RJ)

O técnico Luiz Felipe Scolari e o zagueiro Thiago Silva viajaram para Belo Horizonte antes do restante da delegação da Seleção Brasileira, no início da tarde desta segunda-feira. Os dois seguiram de helicóptero para dar tempo de conceder entrevista oficial da Fifa no Mineirão, palco da semifinal contra a Alemanha.

A Confederação Brasileira de Futebol havia tentado adiar o horário da entrevista (que está marcada para 17h30), a fim de que todos pudessem viajar juntos para a capital mineira, de avião. A Fifa, no entanto, não cedeu, e a resposta da comissão técnica foi definir o suspenso Thiago Silva como o jogador exigido pela entidade para falar com os jornalistas ao lado do treinador.

Capitão da equipe, Thiago Silva não poderá atuar diante dos alemães por ter recebido o segundo cartão amarelo na vitória sobre a Colômbia, pelas quartas de final, quando anotou um dos dois gols brasileiros. A CBF tentou a anulação da advertência que considerou ter sido aplicada "injustamente", após o zagueiro atrapalhar a reposição de bola do goleiro adversário.

O cartão não foi anulado, e a Seleção entrará em campo nesta terça-feira sem Thiago Silva. Seu susbtituto, confirmado na manhã desta segunda, em treino tático na Granja Comary, será mesmo Dante, zagueiro que atua no futebol alemão e conhece bem alguns dos jogadores da seleção europeia. Além do capitão, o time brasileiro não terá o atacante Neymar, lesionado.

O restante da delegação encontrará Felipão e Thiago Silva mais tarde, pois deixou Teresópolis de ônibus rumo ao Rio de Janeiro, onde pegará um avião com destino a Belo Horizonte.

Se passar pela Alemanha, no duelo marcado para 17 horas desta terça-feira, o Brasil terá pela frente o vencedor da semifinal entre Argentina e Holanda.