Futebol/Intertemporada - ( - Atualizado )

Diogo diz que nervosismo é normal mesmo em jogo-treino

Beatriz Cesarini, especial para a GE.Net Atibaia (SP)

Realizando parte da intertemporada em Atibaia, o Palmeiras foi derrotado por 2 a 0 pelo Guarani em jogo-treino nesta quarta-feira. Durante o confronto, o árbitro distribuiu cartões amarelos para os jogadores alviverdes e expulsou Diogo e Bruno César, que saíram de campo reclamando muito. Apesar de não ter sido uma partida oficial, o atacante relevou o nervosismo em campo.

“Ficar nervoso é coisa do treino mesmo. Em uma jogada ou outra a gente acaba ficando irritado com o árbitro que não deu algumas faltas, mas isso é normal de jogo mesmo”, destacou o jogador do Palmeiras.

Quando Bruno César foi expulso com o cartão vermelho, o juiz permitiu que o técnico Gareca colocasse mais um homem em campo. Mesmo assim, o novo comandante do Verdão preferiu deixar a equipe com 10 jogadores para observar como os atletas reagiriam nessa situação.

“Acho que a intenção dele foi justamente essa (tornar a situação real de jogo). Na partida como a desta terça, ele preferiu deixar rolar com um a menos para ver como o time se comportaria em campo”, analisou Diogo.

Divulgação
Diogo minimizou nervosismo palmeirense em jogo-treino (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Na tarde desta quarta-feira, o elenco palmeirense terá folga no período da tarde e depois retomará na Academia de Futebol na quinta-feira. A reestreia do Alviverde na Série A do Campeonato Brasileiro será no dia 17 de julho, contra o Santos, na Vila Belmiro. O Verdão, no momento, é apenas o 11º colocado na tabela de classificação na competição nacional, com 13 pontos, seis a menos que o líder cruzeiro.