Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Eleição presidencial deve ser adiada no Vasco

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

A eleição presidencial do Vasco, marcada para dia 6 de agosto, deverá ser adiada. Isso porque a chapa "Vira Vasco", liderada por Nelson Rocha, conseguiu uma liminar na Justiça para ter acesso à lista de sócios. Com isso, ela passa a ter direito a questionar a participação de alguns eleitores no pleito e obrigatoriamente adia em sessenta dias, no mínimo, a realização da votação.

Nelson Rocha, que já foi vice-presidente de finanças do Vasco, vinha lutando para ter acesso a esta lista alegando que os demais candidatos puderam analisar a relação e, inclusive, estariam usando essas informações em campanhas de mala direta.

O desembargador Camilo Ruliére, da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, entendeu como procedente a reclamação e deu ao presidente Roberto Dinamite o prazo de 48 horas para entregar a lista a Nelson, o que deverá ser feito até este sábado.

A Justiça entendeu que realmente outros candidatos poderiam ter tido acesso à relação, já que Eurico Miranda, presidente do Conselho de Beneméritos, e Roberto Monteiro, vice do Conselho Deliberativo, estiveram presentes a algumas reuniões em que a lista foi tema de discussão por conta da suposta inclusão de três mil sócios em abril do ano passado. O episódio vem sendo tratado pela mídia como "Mensalão Vascaíno". Além disso, outro candidato, Tadeu Correia, que era funcionário do clube até quinta-feira, poderia ter tido acesso ao documento.

A decisão abre a possibilidade de qualquer chapa pedir para analisar a lista e solicitar sua impugnação. Nos bastidores de São Januário o adiamento da eleição é tratado como certo, ainda mais porque nenhum dos candidatos estuda solicitar que a data estipulada seja cumprida.

A disputa eleitoral do Vasco vem sendo marcada por muitas trocas de acusações e por informações que surgem diariamente sobre a possibilidade de mais candidaturas ou de alianças entre algumas chapas. Nem Roberto Dinamite anunciou o nome do candidato que apoia e até mesmo o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral Filho tem seu nome ventilado como um dos possíveis candidatos. Dentre os nomes confirmados, Eurico Miranda vem carregando o favoritismo absoluto, segundo pesquisas não oficiais.

Rotina de treinos no interior paulista

O elenco do Vasco realizou na manhã desta sexta-feira seu primeiro treino em Atibaia (SP). O técnico Adilson Batista comandou uma atividade tática, enfim abrindo mão da série de exercícios físicos que tomou conta da preparação da equipe para a sequência da Série B do Campeonato Brasileiro. O treinador montou times sem goleiros, exigiu toques de bola rápidos e conclusões apenas próximas ao gol.

Na atividade, Douglas trabalhou entre os reservas e o jovem Dackson ocupou a posição do meio campo. O experiente apoiador terá que cumprir suspensão diante do Santa Cruz, dia 15 de julho, no retorno da Série B do Brasileiro. Curiosamente, o atacante Thalles treinou entre os titulares, formando dupla de frente com Kleber Gladiador e deixando Edmilson como opção no banco de reservas.

Na atividade o Vasco treinou com André Rocha, Luan, Rodrigo e Diego Renan; Pablo Guiñazu, Pedro Ken, Fabrício e Dakson; Thalles e Kleber Gladiador. O elenco vascaíno ficará treinando em Atibaia até 12 de julho, quando retorna ao Rio de Janeiro.

Marcelo Sadio/Vasco
Elenco vascaíno abre temporada de treinos em Atibaia nesta sexta-feira