Futebol/Campeonato Carioca Sub-20 - ( - Atualizado )

Em Caio Martins, Botafogo empata com Fluminense e conquista Carioca Sub-20

Niterói (RJ)

Na tarde deste domingo, o Botafogo conquistou o Campeonato Carioca Sub-20. Atuando no Estádio Caio Martins, sob o forte calor de Niterói-RJ, o clube da Estrela Solitária segurou um empate sem gols com o Fluminense e levantou a taça. No jogo de ida, disputado nas Laranjeiras, houve triunfo alvinegro, pelo placar de 1 a 0.

O jogo – Precisando do resultado positivo, o Fluminense se lançou ao ataque e criou boas chances de gol. Logo no primeiro minuto, o uruguaio Olivera arriscou da intermediária e mandou a bola rente à trave de Saulo. Aos dez minutos, o meia Gustavo Scarpa alçou a bola na área e viu a zaga alvinegra salvar um cabeceio de Nogueira em cima da linha.

Após conter o ímpeto inicial dos tricolores, o Botafogo criou boas chances de inaugurar o marcador. Com 19 jogados, Paulo invadiu a área com liberdade, mas concluiu para fora. Quatro minutos mais tarde, o goleiro Marcos Felipe saiu mal do gol e deixou a bola com André, mas o jogador concluiu para fora.

Bruno Haddad/Fluminense F. C.
Vencedor na ida, o Botafogo conteve os ímpetos do Fluminense e levantou a taça do Carioca Sub-20
Durante o segundo tempo, a pressão do Fluminense se intensificou. Aos quatro minutos, Breno cruzou na medida para Euller, mas viu o companheiro, livre de marcação, desperdiçar a chance. No ataque seguinte, Olivera foi acionado na área e ficou cara a cara com Saulo, mas viu o adversário praticar grande defesa.

Depois da parada técnica, por causa do forte calor, o Botafogo voltou mais sólido e voltou a assutar o gol mandante. Vinícius recebeu um belo passe e invadiu a área, mas viu Marcos Felipe sair da meta e segurar a bola em seus pés. A resposta dos pressionados tricolores veio aos 36 minutos, em finalização cruzada de Pablo, que raspou a trave direita de Saulo.

No final da partida, o árbitro deu cinco minutos de acréscimos, mas o clube da estrela solitária soube se retrair e neutralizar as últimas investidas dos meninos das laranjeiras, que acabaram com o vice-campeonato.