Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Em jejum, Ederson espera mais gols do Furacão no segundo semestre

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

Ponto forte do Atlético Paranaense em 2013, o ataque não em sido muito feliz nesta temporada e virou motivo de preocupação durante os trabalhos na intertemporada realizada durante a parada do Campeonato Brasileiro para disputa da Copa do Mundo. Artilheiro do time no ano passado, Ederson só balançou as redes uma vez na atual edição e agora terá que disputar um lugar e mostrar serviço se quiser seguir como titular.

"Nosso ataque é muito qualificado, são muitos atletas de qualidade. Desde o ano passado, marcamos muitos gols e esperamos na segunda parte seguir comemorando gols no Brasileirão e na Copa do Brasil", afirmou o jogador, que garante não pensar apenas em ser o autor dos gols, mas também, sempre que possível, dar as assistências aos companheiros. "Em termos de gols, eu me cobro muito para marcar. Mas, quando não consigo, busco ajudar a minha equipe a conquistar as vitórias", acrescentou.

Com o retorno do Brasileirão cada vez mais próximo, com jogo marcado para o dia 16, diante do Flamengo, Ederson não esconde a ansiedade para voltar a campo, com uma motivação extra, já que a luta por posições se intensificou com a chegada do técnico Doriva. "Estamos ansiosos para voltar a jogar. Temos trabalhado forte para cada vez mais assimilar o estilo de jogo que o Doriva pede. Falta pouco para atuarmos novamente", avaliou.

Para sorte do atacante, se Douglas Coutinho ganhou espaço com boas atuações e gols, ameaçando sua vaga, por outro o principal nome no setor pode estar de saída. Marcelo recebeu uma proposta do Corinthians de pode não retornar ao Brasileirão junto com o Furacão, deixando a briga por posições menos acirrada para Ederson.