Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Fluminense se prepara para 'proteger' Fred após má atuação na Copa

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

O atacante Fred teve um desempenho muito ruim na Copa do Mundo e agora vem tendo que conviver com críticas que vão dos torcedores até a imprensa. Na internet, as piadas contra o jogador, comparado a um cone em muitas delas, formam um cardápio variado. O fato já gera muita preocupação no Fluminense, clube do jogador e que prepara uma estratégia para evitar que o artilheiro fique ainda mais deprimido e não consiga retomar a boa fase.

Após o treino desta sexta-feira, em reunião com os jornalistas, o técnico Cristóvão Borges deu o tom de como vai ser a defesa de Fred por parte do Fluminense. Pelo que se pode perceber, a melhor estratégia é o ataque a seus críticos.

“Parece que se o Fred não estivesse em campo com a Seleção Brasileira a gente ganharia a Copa do Mundo. Esse tipo de crítica chega a ser irresponsável, além de ser injusta. Estão colocando toda a culpa nele, assim como fizeram com o Barbosa em cinquenta e com o Dunga em noventa, por exemplo. É preciso fazer uma análise profissional neste momento, correta, mas isso ninguém quer. Parece que o problema do Brasil é o Fred e muita gente se esconde atrás disso, uma irresponsabilidade”, atacou Cristóvão.

Em entrevista ao jornal "Extra", do Rio de Janeiro, o presidente do Fluminense, Peter Siemsen, partiu em defesa do jogador. “Ele é um ídolo. Essa situação da Copa não mancha a sua história no Fluminense. É um vencedor na profissão que não teria problemas no resto da vida, se quisesse parar de trabalhar hoje. Ele vai levar essa tristeza, assim com eu levo a tristeza pelo fim da temporada passada do Fluminense. Fred vai ter um descanso antes de voltar. E voltará com a cabeça renovada para poder se preparar”, disse Peter.

AFP
Fred é o maior alvo de críticas dos torcedores da Seleção Brasileira (Foto: Pedro Ugarte)

O carinho ao jogador é outra arma que o Fluminense pretende usar para recuperar sua estrela. “O Fred sabe que aqui é a sua casa. Está com saudades de todos daqui e estamos com muitas saudades dele, dentro e fora de campo. Ele vai descansar, se condicionar e quando voltar será recebido com o carinho de sempre”, avisou Cristóvão, que vinha escalando Fred ao lado de Rafael Sóbis no ataque até o jogador se apresentar à Seleção Brasileira.

Ainda sem Fred e sob uma forte chuva, Cristóvão comandou um treino tático leve na manhã desta sexta-feira, nas Laranjeiras. Devido a problemas no trânsito, o lateral esquerdo Carlinhos chegou atrasado. A principal novidade ficou por conta do atacante Samuel, que voltou ao convívio dos companheiros depois de um período de empréstimo ao Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos.

Samuel retornou ao Fluminense a pedido de Cristóvão, uma vez que o treinador gosta do futebol do jovem, de 23 anos. A volta dele facilitou que o atacante Michael fosse emprestado ao Criciúma. Nesta manhã de sábado, o elenco volta a treinar na parte da manhã e o domingo será de folga. Na segunda-feira, o plantel se reapresenta e intensifica a preparação para o duelo contra o Criciúma, previsto para a próxima quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), no Estádio Heriberto Hülse, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor aparece na segunda colocação da tabela de classificação com 16 pontos ganhos, três a menos que o líder Cruzeiro.