Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Frustrado, Sneijder admite: "Só a Argentina queria os pênaltis"

São Paulo (SP)

Camisa 10 da Holanda, o meia Sneijder acabou bem marcado pela defesa argentina e não conseguiu arquitetar boas chances de gol. Sem muitas emoções, o compromisso entre as equipes acabou sem redes balançadas ao longo de 120 minutos e acabou decidido na disputa de pênaltis, onde a estrela do goleiro Romero brilhou, garantindo o triunfo sul-americano por 4 a 2.

Responsável por desperdiçar uma das penalidades holandesas – ao lado do defensor Vlaar –, Sneijder mostrou frustração após o compromisso e disparou contra o comportamento dos comandados de Alejandro Sabella: “A disputa por pênaltis de deixa muito perto e muito longe do êxito, ao mesmo tempo. Acho que a Holanda merecia mais. Não tenho muito o que falar. Apenas acho que só a Argentina queria os pênaltis. Foram lá, conseguiram o objetivo e ganharam. Realmente, a situação foi muito chata para nós”.

Abatido, Sneijder lamentou o erro do pênalti e exaltou a postura dos companheiros dentro das quatro linhas: “Todo mundo lutou e é dolorido sair nesse tipo de situação. Além do mais, é ainda mais sofrido para mim, que não pude marcar um gol nas penalidades. Às vezes a gente erra mesmo, mas é Copa do Mundo. Por isso a chateação é ainda maior”.

Neste contexto, resta à Holanda juntar forças para enfrentar o Brasil, na disputa do terceiro lugar. O compromisso ocorre no próximo sábado, às 17 horas (de Brasília), no Estádio Mané Garrincha. No dia seguinte, às 16 horas, os alvicelestes medem forças com a Alemanha no Maracanã.