Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Hummels admite que Alemanha diminuiu o ritmo após o intervalo

Santa Cruz de Cabrália (BA)

Maior referência na defesa da Alemanha, o zagueiro Mats Hummels revelou que a equipe se viu em uma situação complicada no vestiário durante o intervalo da semifinal da Copa do Mundo diante do Brasil. O time vencia já vencia o duelo por 5 a 0 e se preocupava em não desrespeitar o adversário, mas sem abrir mão de suas características.

“Dissemos no intervalo que tínhamos que continuar sérios e concentrados na volta para a partida. Há coisas que você não precisa mostrar no campo quando se está jogando. Deveríamos mostrar respeito ao adversário e é muito importante que fizemos isso e não tentamos ser especiais ou algo do tipo. Fizemos nosso jogo nos 90 minutos”, revelou em entrevista à Fox Sportsaustraliana.

O zagueiro ainda classificou a vitória por 7 a 1 como necessária. “Depois do segundo gol eles ficaram confusos. Não estavam organizados no campo e não poderíamos perder a chance de marcar até o quinto gol. Não é algo que acontece frequentemente. Você precisa aproveitar”, afirmou.

Entretanto, para a decisão da Copa do Mundo, contra a Argentina, no próximo domingo, no Maracanã, Hummels disse acreditar que será diferente. Para ele, a equipe não deve se deslumbrar com o surpreendente resultado obtido sobre os anfitriões.

AFP
Mats Hummels reconheceu que a Alemanha tirou o pé no segundo tempo da semi diante do Brasil

“Precisamos manter nossos pés no chão, e isso não é um problema para nós. Sabemos o quão difícil será no domingo. Vai ser uma briga acirrada e só teremos chance de ganhar se permanecermos conscientes disso desde o início do jogo”, avaliou.