Futebol/ Mercado - ( - Atualizado )

Kaká é apresentado ao Orlando, que confirma empréstimo ao São Paulo

Orlando (EUA)

Enfim o meia Kaká assinou contrato com o Orlando City, equipe da Major League Soccer, principal liga de futebol dos Estados Unidos, na manhã desta terça-feira. O brasileiro terá vínculo com o clube norte-americano por três anos e meio e teve seu empréstimo ao São Paulo confirmado pelo site oficial do time da Flórida.

Após assinar o contrato, Kaká deu entrevista coletiva à imprensa e falou sobre jogar e ajudar o campeonato americano crescer no contexto do futebol mundial e suas expectativas no cenário estadunidense: “A MLS está crescendo muito rápido e gostaria de mostrar aos americanos que o futebol é muito bom. Durante a Copa estão apoiando a seleção e acho que os americanos podem apoiar a MLS. Esta é a razão pela qual escolhi. Sou muito amigo do Flávio (o dono do Orlando City), conversei com outros times, há dois anos tive a chance de ir para o New York Red Bull. Estou feliz porque pra mim é um projeto muito legal”.

No entanto, o brasileiro se apresentará ao Orlando apenas em 2015, quando em março desse ano começará a nova temporada da MLS. Até lá, Kaká jogará pelo Tricolor do Morumbi até o fim de 2014. O objetivo é fazer com que o jogador chegue ao clube norte-americano em forma e com ritmo de jogo.

Divulgação/Site Oficial
Orlando City apresenta Kaká e confirma empréstimo ao São Paulo, que terá o jogador por seis meses

O comunicado do empréstimo do atleta ao São Paulo foi dado via site oficial do Orlando City: “O Orlando City também anuncia que emprestará Kaká por seis meses ao São Paulo, um dos maiores clubes do Brasil. Kaká começará a jogar pelo Orlando City no dia 1 de janeiro de 2015, na preparação para a temporada inaugural na MLS”.

O ídolo são-paulino falou também de como surgiu a ideia de um dia jogar no futebol dos Estados Unidos, ressaltado sua amizade com Flávio da Silva (sócio majoritário do Orlando) como fator primoridal para a negociação: “Eu sempre falei que um dia gostaria de jogar na MLS e acho que essa situação começou em 2012 quando o Flávio começou a dizer que tinha um sonho de comprar um time e construir uma coisa legal na liga americana. Fomos flertando, nos últimos anos essa possibilidade aumentou e agora achei que seria o momento certo de vir. A decisão foi boa para todo mundo”.

Vencedor de um Campeonato Italiano, uma Liga dos Campeões da Europa e um Mundial de Clubes Fifa, Kaká ainda agredeceu o carinho que o clube italiano teve com ele: “Gostaria de agradecer ao Milan por todos os anos que passei lá. Foi o clube que fez com que eu alcançasse todos os objetivos profissionais e agora estou muito feliz por essa etapa na minha carreira”.

Kaká ainda vai participar de um evento em um Shopping de Orlando, nesta tarde, onde são esperadas cerca de dez mil pessoas para assistir ao duelo entre Estados Unidos e Bélgicas, válido pelas oitavas de final da Copa do Mundo.