Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Kaká relembra críticas da torcida e se diz pronto para cobrança

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

O meia Kaká recebeu o apoio da torcida que compareceu ao estádio do Morumbi na manhã deste domingo. Em seu retorno ao clube, o jogador se lembrou das críticas que recebeu dos são-paulinos no fim de sua primeira passagem e acredita ter superado a desconfiança.

“De alguma forma, tudo concorre para o bem. Na minha saída do São Paulo, estava sendo criticado por parte da torcida, não por todos, e isso me fez aprender, crescer e amadurecer. Essa demonstração de hoje (domingo) é um incentivo para mim, porque vi que eles também queriam minha volta. Eu poderia ter escolhido outras oportunidades, mas este é meu desejo. De certa forma, todo mundo ficou feliz e espero que seja um período maravilhoso para todos nós”, comentou.

De acordo com o presidente Carlos Miguel Aidar, o público no Morumbi nesta apresentação oficial do atleta foi entre 25 e 28 mil torcedores. Em sua primeira passagem, apesar de ter surgido como grande revelação do clube, Kaká foi cobrado pelos fracassos do time em jogos decisivos. Agora, o meia diz estar preparado para a pressão, mas avisa que não pode prometer títulos.

“Meu vínculo com o São Paulo vai muito além do campo. É o clube em que fui formado, tenho uma ligação institucional. Cheguei ao topo do futebol mundial e, para mim, é muito bom falar que fui formado aqui. Claro que faltaram Brasileiro, Libertadores e Mundial... O torcedor pode cobrar empenho, dedicação e profissionalismo, mas vamos ver os resultados. Gostaria muito de ser campeão brasileiro, mas sei que tenho um vínculo com o São Paulo para sempre”, acrescentou.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Exaltado pela torcida, Kaká diz que pode ser cobrado por empenho, mas não promete título
Formado nas categorias de base do Tricolor, Kaká conquistou apenas o Torneio Rio-São Paulo de 2001 pelo time profissional, antes de ter se transferido para o Milan, em 2003. De volta agora ao clube, o jogador avisou que tem um futebol diferente do início da carreira.

“Estou mais maduro e experiente em campo, pois consigo ter uma visão de jogo melhor do que tinha quando era mais novo. Quando era moleque, eu ia mais no impulso e no improviso, o que era muito legal também, mas hoje estou mais experiente e tenho mais sabedoria para escolher as jogadas”, acrescentou.

Kaká assinou contrato com o São Paulo apenas até dezembro, sendo emprestado pelo Orlando City, clube com o qual acertou vínculo de três anos. No início de 2015, o atleta terá de se apresentar para a equipe dos Estados Unidos.