Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Low vê Argentina forte defensivamente e elogia Messi e Higuaín

Santa Cruz Cabrália (BA)

Neste domingo, às 16 horas (de Brasília), o Estádio do Maracanã será palco de uma final de Copa que já se repetiu outras duas vezes na história: Alemanha e Argentina. Após a goleada por 7 a 1 sobre a Seleção Brasileira, o técnico Joachim Low manteve o discurso sério e elogiou os alvicelestes, que triunfaram nos pênaltis sobre a Holanda, após um empate sem gols ao longo de 120 minutos.

“A Argentina é defensivamente forte, compacta e bem organizada. No ataque, possuem jogadores de destaque, como Messi e Higuaín. Por isso, precisamos nos preparar bem e olhar para frente, sempre”, expôs o comandante, em entrevista ao site da Federação Alemã de Futebol.

Na tarde desta quarta-feira, a Alemanha se resguardou no condomínio e não teve contato com o público brasileiro na Vila de Santo André. O único que saiu dos domínios foi o zagueiro Mats Hummels. O defensor se dirigiu de helicóptero para o município de Eunápolis-BA (distante 60 quilômetros de Santa Cruz Cabrália-BA), para realizar exames no joelho direito.

Assim, o defensor é dúvida para o compromisso contra os argentinos. Caso não reúna condições de jogo, Mustafi, que defende a Sampdoria-ITA, aparece como opção mais viável. Outra – e menos esperada – escolha é a entrada de Grosskreutz, que deslocaria Howedes para a zaga.

AFP
“A Argentina é defensivamente forte, compacta e bem organizada", disse Low, que elogiou Messi e Higuaín