Futebol/ Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Médico diz que lesão de Alisson não é grave e tranquiliza técnico

Do correspondente Wanderson Lima Houston (Estados Unidos)

Substituído no intervalo da partida entre Cruzeiro e Tigres-MEX, realizada nesta quinta e vencida pela equipe celeste por 2 a 0, o armador Alisson se submeteu à exames médicos em um hospital de Houston para avaliar a gravidade da lesão sofrida no tornozelo direito pouco antes do encerramento do primeiro tempo.

O médico da Raposa, Wallace Espada, esclareceu a situação do meia cruzeirense e tranquilizou a torcida celeste ao afirmar que o jogador não teve nenhuma lesão grave. Alisson, porém, deverá ficar fora do último amistoso do Cruzeiro no Estados Unidos e será reavaliado na volta do clube ao Brasil.

“O Alisson sofreu uma contusão no tornozelo direito. No intervalo, o atleta se queixou de dores no local e decidimos encaminhá-lo a um hospital da região, onde ele realizou exames que não detectaram nenhuma lesão grave. O jogador já está melhor e fica agora aos cuidados do departamento médico do clube”, disse Wallace Espada ao site oficial do Cruzeiro.

A notícia agradou ao técnico Marcelo Oliveira, que tem aprovado o desempenho de Alisson na excursão. “O Alisson vinha muito bem. Até dizia que a melhor jogada ofensiva nossa era através dele. Ele chegou rapidamente em dois contra-ataques e quase fez o gol. Infelizmente se contundiu, esperamos que não seja nada sério, porque eu tinha a intenção de deixá-lo jogar mais tempo este ano”, comentou.

Divulgação/Cruzeiro E. C.
O médico do Cruzeiro, Wallace Espada, disse que os exames não detectaram nenhuma lesão grave no tornozelo direito de Wallace