Futebol/ Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Mesmo com propostas, volante quer ficar na Ponte até o fim do ano

Campinas (SP)

Um dos destaques da Ponte Preta na disputa da Série B do Brasileiro, o volante Juninho, já recebe propostas de outros clubes que desejam contar com o seu futebol. Mesmo assim, o jogador, que foi titular em oito das dez partidas disputadas pela Macaca na competição, quer manter seu foco na equipe de Campinas até o fim da atual temporada.

“Conversei com a diretoria porque apareceram algumas coisas, mas estou focado na Ponte até o final do ano. Vamos ver como isso vai se desenrolar durante o campeonato, mas eu procuro não me preocupar muito com isso e deixo para a diretoria”, disse o jogador polivalente, já que pode atuar também como lateral-esquerdo.

Procurando se reforçar para conquistar o acesso à Série A de 2015, a Macaca contratou dois jogadores e acertou o empréstimo de outros três neste período de Copa do Mundo. Tratam-se do lateral-direito Rodinei, que fez um bom Campeonato Paulista no Penapolense, e o atacante Alexandre, vice-artilheiro do estadual de Minas Gerais, com o Boa Esporte. Os emprestados são o zagueiro Tiago Alves e o atacante Miguel, que vêm do Palmeiras, e o meia Roni, do São Paulo e que estava no Coritiba. Quanto aos dois primeiros, mesmo não sendo reforços ‘pesados’, Juninho acredita que ambos vão colaborar na campanha pontepretana.

“Chegaram dois atletas já e, por mais que eles não sejam conhecidos para o torcedor, a gente já percebeu que poderão nos ajudar bastante”, avaliou o volante, que chegou na Ponte em abril, vindo do Atlético-PR.

PontePress/Guilherme Dorigatti
O volante Juninho está empolgado na Ponte Preta e quer ficar na equipe campineira até o fim da temporada

O meia Renato Cajá, que treina em Moisés Lucarelli já há dez dias, ainda não acertou o retorno à equipe de Campinas, pois ainda não houve um acerto salarial com o clube detendor do passe do jogador, o Guangzhou Evergrande, da China. No entanto, o volante ainda afirmou que é possível o acesso pontepretano à elite do futebol nacional com ou sem a chegada de mais reforços.

“A gente acredita. O grupo está unido e o foco de todos é a Série A. Claro que, se contratar mais alguém, será ótimo. Quanto mais se reforçar melhor, porque o campeonato é longo, mas com ou sem reforços vamos voltar forte na competição”, concluiu Juninho.

Os comandados do técnico Dado Cavalcanti voltam à ação no dia 15 de julho, às 19h30, no Moisés Lucarelli, contra a Portuguesa, em jogo válido pela 11ª rodada da Série B. A Ponte Preta é a sétima na tabela de classificação, com 16 pontos ganhos, mas somente um a menos que o América-MG, primeiro time dentro do G-4.