Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Muricy credita sucesso da Colômbia a talento de camisa 10 de ofício

Beatriz Cesarini, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Próximo adversário do Brasil na Copa do Mundo, a Colômbia conta com um jogador que poderá fazer a diferença. O meio-campo James Rodríguez é o destaque da seleção sul-americana e, segundo o técnico Muricy Ramalho, é o motivo do sucesso dos colombianos na competição no Brasil: um meia de ofício.

“É o jogador que mais chama atenção porque é o mais regular. É um número 10 que ninguém mais tem. O modo de jogar hoje mudou muito. A maioria dos times não tem esse homem que pensa o jogo. Nem a Argentina, que é um time acostumado a ter um 10, tem porque está jogando com homens abertos. A Colômbia é diferente porque tem um número 10, o melhor da copa do mundo”, afirmou o comandante do São Paulo.

Os jogos do Mundial do Brasil estão apresentando ótimo nível de qualidade técnica. Com grande média de gols, até se já se aproxima de bater uma marca histórica. Segundo Muricy Ramalho, isso muito se deve a um sistema tático que se assemelha ao basquete.

“A única inovação tática é que alguns times utilizaram o 3-5-2. Isso é uma coisa que esta voltando a se fazer. Nessa Copa, todo mundo joga no contra-ataque porque hoje a parte física dos jogadores é muito forte. Para isso é preciso ser forte na defesa, porque é velocidade o tempo todo. É como basquete: sem bola muita marcação e agrupado com a bola velocidade e contra-ataque”, analisou o treinador.

AFP
Segundo o técnico Muricy Ramalho, James Rodríguez é um verdadeiro camisa 10
A Seleção Brasileira joga contra a Colômbia nesta sexta-feira, às 17 horas (de Brasília), no Estádio Castelão, em Fortela. As duas equipes entrarão em confronto por uma vaga na semifinal da Copa do Mundo, que será disputada com França ou Alemanha.