Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Neymar chorou muito ao saber de corte e passou a noite com o pai

Tossiro Neto, enviado especial Teresópolis (RJ)

Chefe do departamento médico da Seleção Brasileira, José Luiz Runco esteve o tempo todo com Neymar após a pancada nas costas recebidas pelo atacante. E foi também o responsável por avisá-lo, já com o resultado dos exames em mãos, que ele não teria mais condições de atuar nesta Copa do Mundo. A notícia fez o jogador voltar a chorar muito.

"Nem dei chance de ele me perguntar. Eu mesmo passei a informação de que estava fora da Copa. Ele ficou extremamente emocionado, chorou muito, o que é uma coisa normal de se esperar. Mas, com o tempo, ele foi entendendo. Passei o seguinte a ele: é a limitação de um sonho, mas não para um jogador de 22 anos, que tem uma vida futura. É uma lesão boa, entre aspas", disse o médico, neste sábado.

Levado a um hospital de Fortaleza depois da joelhada desferida pelo lateral colombiano Juan Zúñiga, Neymar foi submetido a tomografia computadorizada e ressonância magnética. Os resultados apontaram lesão na apófise transversa da terceira vértebra lombar. Uma lesão não rara no futebol, de acordo com Runco, mas que o deixará em recuperação durante três a seis semanas. A dor no local deve persistir por mais uma semana.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Atacante brasileiro já havia chorado bastante ainda no gramado, logo após a pancada recebida nas costas
Encaminhado do Rio de Janeiro a Teresópolis em uma ambulância, o atacante jantou de madrugada com o grupo e passou a noite acompanhado do pai, também chamado Neymar.

"Decidimos trazer o pai dele, era importante. O pai dormi nou no quarto dele", contou o médico. "Ele usou ansiolítico, além do analgésico. Uma medicação para relaxar. Disse a ele para me chamar se sentisse incômodo, mas ele não me chamou. Hoje (sábado) pela manhã, disse que incomodou um pouco, mas que deu para dar uma dormidinha. Quando acordou, não estava tão desgastado, em termos de face, em comparação com ontem".

Como a fratura pede repouso para que haja consolidação da vértebra, Neymar deixou a Granja Comary no início da tarde deste sábado. Ele foi levado de helicóptero até o Guarujá, no litoral paulista, onde passará os primeiros dias de recuperação utilizando uma cinta lombar.