Copa do Mundo 2014/ Colômbia - ( - Atualizado )

Para não ‘armar’ Brasil, Colômbia se previne em treino e entrevista

Cotia (SP)

Procurando se precaver de polêmicas antes do jogo contra o Brasil pelas quartas de final da Copa do Mundo, na próxima sexta-feira, às 17 horas, na Arena Castelão, a Colômbia teve seu último treino antes de embarcar para Fortaleza aberto durante apenas 15 minutos. Além disso, o técnico Jose Pekerman decidiu mandar dois jogadores reservas para a entrevista coletiva desta terça-feira, no CT do São Paulo, em Cotia.

Vargas, que é o terceiro goleiro, e o lateral reserva Valdez falaram por cerca de 20 minutos e o discurso foi padrão para não dar armas ao inimigo: “Nossa seleção está pronta para fazer um grande jogo. Sabemos das dificuldades que vamos enfrentar, principalmente porque a torcida contrária será muito grande. Mas nossa preparação foi muito boa, sabemos o que temos de fazer e vamos trabalhar para isso”, falou Valdez.

Em campo, as únicas imagens feitas, por determinação da delegação colombiana, foram dos jogadores realizando trabalho físico. Às 16 horas, os “cafeteros” viajarão rumo à Fortaleza, onde devem chegar às 19h30. Na próxima quarta-feira, James Rodríguez e companhia treinarão no Estádio Presidente Vargas, enquanto na quinta, os jogadores farão reconhecimento do gramado do Castelão.

Colômbia e Brasil decidem uma vaga nas semifinais do Mundial às 17 horas da próxima sexta-feira. Os colombianos tem a melhor campanha da Copa até aqui, com quatro vitórias em quatro jogos disputados, além de contar com o artilheiro da competição James Rodríguez, com cinco gols. Já a Seleção Brasileira acumula duas vitórias e dois empates nas quatro partidas que disputou. Neymar é o artilheiro do time com quatro tentos.

AFP
O lateral Valdez preferiu não arriscar em seu discurso, mas disse que a Colômbia está pronta para o jogo com o Brasil