Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Parlamentar russo pede que Capello devolva os salários da seleção

Moscou (Rússia)

O parlamento russo parece não estar nada contente com a atuação da Rússia na primeira fase da Copa do Mundo. Nesta quarta-feira, o deputado Oleg Pakholkov pediu ao técnico Fábio Capello que o treinador devolva seus vencimentos.

Segundo o Diário da Rússia, o italiano teria recebido cerca de R$ 51,1 milhões (US$ 23 milhões) da federação de futebol do país. O parlamentar argumentou que seria justo Capello devolver o valor, dada a eliminação da equipe sem nenhuma vitória no Mundial.

Em três jogos, a Rússia empatou com a Coreia do Sul, perdeu para a Bélgica e acabou eliminada pela Argélia, após novo empate. Segundo Pakholkov, o futebol russo não está na qualidade esperada.

“A política atual do futebol russo não está funcionando, com muito dinheiro sendo gasto com mercenários estrangeiros e com um elenco padronizado de jogadores baixos”, disse. A Copa de 2018 será realizada no país.

AFP
Técnico Fábio Capello foi convocado pelo Parlamento Russo para dar explicações sobre a eliminação na Copa