Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Pelo amigo Messi, torcida de Neymar na final será para Argentina

Tossiro Neto, enviado especial Teresópolis (RJ)

O jogador que era a principal esperança na conquista do hexacampeonato mundial para o Brasil, agora, torcerá pelo título da Argentina. Neymar reluta em falar exatamente dessa forma, mas deixou claro que prefere ver o ídolo e amigo Messi, seu companheiro no Barcelona, como vencedor na Copa do Mundo no Maracanã diante da Alemanha.

“Espero que meus companheiros vençam. Tenho dois companheiros na Argentina, Messi e Mascherano. Pelo futebol, pela história que o Messi tem, de ter conquistado muita coisa, quase tudo em sua carreira, ele merece, sim, ser campeão do mundo. Estou torcendo por ele, porque é meu amigo, companheiro. Desejo sorte”, disse o camisa 10.

Logo após a sua declaração, Neymar ouviu um jornalista argentino agradecer-lhe e mostrando surpresa por sua torcida ao país rival na decisão de domingo, no Maracanã. O atacante sorriu como se repensasse o que tinha acabado de dizer. “É claro que, se parar para pensar, (sou) um brasileiro torcendo para a Argentina”, tentou se explicar, preferindo mostrar sua idolatria a Messi como justificativa.

“Não estou torcendo para a Argentina, estou torcendo para os meus companheiros e para uma pessoa que passei a admirar ainda mais por estar ao lado dela todos os dias. É um jogador que eu tinha como espelho, como ídolo, que admirava de longe por suas qualidades dentro de campo. No Barcelona, passei a admirar também como pessoa e a ver que, nos treinamentos, ele é tão ou mais especial do que nos jogos. Por isso, minha torcida é para o Messi. Sou Messi Futebol Clube”, argumentou.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Atacante repensou declaração após ouvir agradecimento de jornalista argentino: "Não estou torcendo pela Argentina"
Particularmente, fica a frustração por não poder reencontrar o amigo no Maracanã no domingo. “Eu tinha dito a ele que queria a Argentina na final para uma final contra o Brasil. Infelizmente, o Brasil não chegou, então desejo toda sorte a ele e ao Mascherano, que são duas grandes pessoas e merecem.”

Como espectador, resta a Neymar também parabenizar a Alemanha, que goleou o Brasil por 7 a 1 na semifinal para garantir vaga na decisão. “O merecimento de Alemanha e Argentina por terem chegado à final é muito grande. Desejo sorte às duas equipes”, declarou, mais político.