Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Possibilidade de jogar como 'falso 9' na sexta não preocupa Neymar

Teresópolis (RJ)

Com o time rendendo abaixo do esperado, Luiz Felipe Scolari sinalizou mais uma possível mudança que pode pintar como alternativa no decorrer do jogo contra a Colômbia, nesta sexta-feira, pelas quartas de final. Na segunda parte do treinamento desta quarta, o treinador sacou o centroavante Fred e colocou Henrique para ajudar na marcação, deixando os homens de frente com mais liberdade. A mudança, porém, não preocupa o craque Neymar.

“Eu me encaixo em qualquer tipo de formação. Agora, a gente tem um excelente treinador para isso. Ele que resolve as escalações, o jeito como a equipe vai jogar. Nós atletas, temos que obedecer e fazer de tudo para o time vencer. Eu não tenho como falar, te dar essa resposta. Com ou sem centroavante a gente tem que jogar futebol”, explicou o camisa 10 da Seleção Brasileira, que, neste esquema de jogo, seria um dos responsáveis por chegar mais à frente.

A mudança sinalizada por Felipão, no entanto, não deve ser adotada na formação da equipe titular. Ao realizar a substituição na segunda parte do treino, o comandante da Seleção indica que a estratégia pode ser utilizada no segundo tempo do jogo contra a Colômbia, como uma tentativa, por exemplo, de segurar o resultado – com a entrada de Henrique, o time contaria com três volantes no meio de campo.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Felipão sinalizou mudanças no ataque, podendo tirar Fred e adiantar Neymar para fazer a função de um falso 9
Com relação à cobrança em cima de Fred, Neymar acredita que os jogos estão sendo complicados não só para o camisa 9 da Seleção Brasileira, mas pra todos os seus companheiros. O atacante citou as outras partidas para mostrar que esta Copa do Mundo mostrou que não há adversário fraco. Desta forma, principalmente nesta fase, será preciso ainda mais dedicação.

“É difícil para todo mundo, não só para os atacantes. Para o Fred, que joga de costas, para mim...o nível igualou muito. Não tem seleção fraca, jogo mais ou menos. Tem que dar seu 100% sempre. Isso é gostoso, não só para quem assiste, mas para quem joga também. O nível aumenta, e você tem que se cobrar ainda mais”, destacou Neymar, que prometeu ajudar Fred a espantar o mau momento.

“O Fred é um jogador que necessita de bolas. É nosso centroavante, vive de gol, é um goleador. A gente tem se cobrado muito para deixar ele mais na cara do gol, sim. Eu me cobro muito. Espero que, neste jogo, eu faça de tudo para deixá-lo 50 vezes na cara do gol, porque tenho certeza que ele vai fazer 51 gols. Mas ele sabe, entende, que às vezes não dá”, completou o camisa 10 da Seleção.