Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Preocupado com Di María, Sabella exalta controle de bola argentino

Brasília (DF)

Neste sábado, a Argentina quebrou um tabu de 24 anos ao cravar sua vaga nas semifinais da Copa do Mundo. Responsável por comandar os alvicelestes, que triunfaram sobre a Bélgica por 1 a 0, o técnico Alejandro Sabella expôs satisfação e recordou o processo de construção do plantel sul-americano.

“O êxito que temos hoje foi construído há muito tempo atrás, com o apoio das nossas famílias e principalmente dos atletas. Foi um jogo excelente, que pudemos controlar e apresentar equilíbrio do início ao fim. Agora, vamos ver o que vai ocorrer nas semifinais”, relatou.

Adiante, Sabella comentou a saída do meia Di María. O camisa 7 deixou o campo com dores musculares na primeira etapa, sendo substituído por Enzo Pérez. “É um fato que nos preocupa, certamente. Porém, se ele não puder jogar, analisaremos todas as possibilidades. Temos tempo e elenco para isso”, afirmou o técnico, antes de a imprensa argentina divulgar que o atleta está realmente fora do restante da Copa.

O compromisso contra a Holanda, que vale vaga na decisão mundial, está agendado para quarta-feira, às 17 horas (de Brasília), na Arena Corinthians, em São Paulo-SP.

Gazeta Press
Bem enquanto jogou, Di María saiu com dores musculares e deu lugar a Enzo Pérez (Foto: Célio Messias)