Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Recebidos por 500, atletas brasileiros chegam a Minas para semifinal

Belo Horizonte (MG)

A Seleção Brasileira desembarcou em Belo Horizonte no fim da tarde de segunda-feira. Sem Thiago Silva e Luiz Felipe Scolari, que já haviam chegado de helicóptero para a entrevista programada pela Fifa, a delegação pousou em Minas Gerais para a semifinal da Copa do Mundo, contra a Alemanha, perto das 18h (de Brasília).

O avião, que ganhou a inscrição “#éTóiss” em homenagem ao contundido Neymar, desceu no aeroporto da Pampulha. Confins era o destino original, mas a programação foi alterada por causa das complicações no trânsito do norte de Belo Horizonte pela queda de um viaduto.

Levou meia hora o percurso até o hotel em que está hospedado o time verde-amarelo na capital mineira. De acordo com a conta feita pela Polícia Militar, havia cerca de 500 pessoas no aguardo, exibindo cartazes e entoando cantos como “o campeão voltou” e “eu acredito”.

Divulgação/CBF
Fred e o avião da Seleção carregam o "Toiss" característico do contundido atacante Neymar
Com a ausência de Neymar, o mais assediado foi o carismático zagueiro David Luiz, que mandou beijos para a galera. Victor, Bernard e Jô, que jogam ou jogaram recentemente no Atlético-MG, também estiveram entre os que mais chamaram a atenção dos fãs.

A chegada a Belo Horizonte aconteceu no final da tarde porque a Seleção optou por não treinar no Mineirão na véspera do confronto com os alemães. A comissão técnica julgou desnecessário o reconhecimento do campo onde o time já jogou no Mundial – nas oitavas de final, contra o Chile. A Alemanha treinou no estádio.