Copa do Mundo 2014/ Argentina - ( )

Recuperado, Di Maria volta a treinar e pode jogar final

Belo Horizonte (MG)

Após sofrer lesão de grau 1 na coxa direita nas quartas de final da Copa do Mundo e ter sua participação no restante do Mundial considerada improvável pela imprensa argentina, o meia Angel Di María voltou a treinar na tarde desta quinta-feira, na Cidade do galo, em Belo Horizonte. Posto isso, a esperança da Alviceleste em contar com o craque aumenta para a final diante da Alemanha, domingo, no Maracanã.

O jogador do Real Madrid e da seleção argentina se contundiu aos 33 minutos da primeira etapa, no jogo contra a Bélgica, ao chutar com força uma bola enfiada por Messi. O meia até tentou voltar para o jogo, mas sentiu muitas dores, e Enzo Pérez precisou entrar em seu lugar. Mesmo com algumas especulações sobre sua saída da Copa, o médico da equipe Martínez tratou de diminuir a intensidade da lesão: “É uma das mais leves entre as lesões musculares”.

Com a classificação às final conquistada contra a Holanda, nos pênaltis, na última quarta-feira, Di María procura entrar em ritmo para jogar a decisão de domingo contra os bávaros e voltou a campo nesta quinta-feira. Inicialmente o craque argentino apenas trotava, mas depois aumentou a velocidade de sua corrida. Enquanto isso, os atletas que atuaram contra a “Laranja Mecânica” fizeram exercícios regenerativos. Os reservas participaram de um treino tático com bola.

Os hermanos voltam a treinar na manhã desta sexta-feira, na Cidade do Galo, em atividades fechadas à imprensa. Às 11 horas, de sábado, Messi e companhia viajarão ao Rio de Janeiro, e devem fazer um leve treino no Maracanã, no mesmo dia. A final acontece no mítico estádio, às 16 horas, no domingo.

AFP
Di María teve lesão aos 33 minutos do primeiro tempo das quartas de final contra a Bélgica. Jogador tentou voltar a campo, mas Pérez teve de entrar em seu lugar