Futebol/Amistoso - ( - Atualizado )

Ricardo Goulart explica golaço contra o Chivas: "Goleiro jogava adiantado"

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Destaque do Cruzeiro na intertemporada do clube nos Estados Unidos, o meia-atacante Ricardo Goulart encerrou a passagem celeste na América do Norte como artilheiro do time com quatro gols marcados, sendo o último deles uma verdadeira pintura.

A defesa mexicana do Chivas perdeu a bola ao sofrer pressão na marcação, Goulart percebeu o goleiro Antônio Rodriguez adiantado e marcou um gol de placa no Sun Bowl Stadium, em El Paso-EUA. O jogador afirma que a jogada foi consciente e não um lance de sorte.

“Bati com consciência, o goleiro estava jogando muito adiantado. O time deles estava pressionando no nosso campo e o Marcelo (Oliveira, técnico) me colocou mais avançado. Fiquei mais perto do gol, pressionei o jogador deles e a bola ficou no meio do caminho. Na minha cabeça o goleiro já estava adiantado, foi aí que eu bati e pude fazer um belo gol”, comentou.

O gol de Ricardo Goulart foi o segundo do triunfo celeste sobre a equipe mexicana e serviu para selar em grande estilo a participação do Cruzeiro nos Estados Unidos. “Ainda não caiu a ficha. Esse gol vai ficar na memória, mas agora é descansar porque a gente fez uma boa intertemporada por aqui e temos uma viagem longa para o Brasil. A equipe toda está de parabéns e vamos dar sequência agora no Campeonato Brasileiro”, declarou.

Divulgação/Cruzeiro E. C.
Goulart fechou o placar em 2 a 0 no último amistoso da Raposa nos EUA (foto: Andres Leighton/Light Press)