Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Scolari se nega a comentar futuro e diz pensar no terceiro lugar

Belo Horizonte (MG)

Luiz Felipe Scolari estranhou quando foi questionado se a derrota por 7 a 1 para a Alemanha, na semifinal da Copa do Mundo, era a sua despedida da Seleção Brasileira. “Tem jogo no sábado, viu?”, falou o treinador, referindo-se à disputa pelo terceiro lugar contra o perdedor do confronto entre Holanda e Argentina.

Diante da insistência no tema na entrevista concedida após o massacre no Mineirão, houve irritação. “Isso não é assunto para se tratar agora. Tenho que trabalhar para sábado e ter um bom resultado”, disse o gaúcho, que vê como caminho para esse resultado “trabalhar o ambiente horrível” criado pela histórica goleada.

“Ninguém esperava esse resultado. Agora, a comissão técnica precisa trabalhar em cima disso com os jogadores para eles estarem animicamente recuperados para o jogo que vamos jogar. A história continua, a maioria vai continuar jogando em alto nível em seus clubes. A gente vai trabalhar na Granja para o próximo jogo.”

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Felipão espera animar os seus atletas para o confronto com Holanda ou Argentina em Brasília
Sábado à parte, Felipão franziu as sobrancelhas ao ouvir a palavra “dívida” ou ser questionado sobre o fim de seu crédito pela conquista da Copa do Mundo de 2002. Resultado atípico à parte, ele fez uma boa avaliação de seu segundo trabalho à frente da Seleção.

“Não é questão de dívida ou crédito. Quando fui com o grupo em 2002, ganhamos. Agora, perdemos. Todos perdemos, mas a escolha foi minha. Só não podemos esquecer de que temos um jogo no sábado. Vale o terceiro lugar. Tem um jogo para a gente jogar”, repetiu.