Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Técnico de Gana se irrita com Prince Boateng e diz não o convocar mais

Accra (Gana)

Apontado como o principal jogador de Gana, o meia Kevin-Prince Boateng, que defende o Schalke 04-ALE, não terá mais oportunidades na seleção africana. Pelo menos, enquanto o técnico James Appiah estiver no comando da equipe. Incomodado com a postura do atleta durante a Copa do Mundo de 2014, o comandante disse estar empenhado em controlar o ego dos jogadores.

“Por enquanto, Kevin-Prince Boateng não entra mais em meus planos. Acredito na disciplina e sei que é difícil lidar com egos. Porém, não posso deixar que isso afete a equipe. Quero atletas comprometidos e dispostos a morrer pelo país”, relatou.

Afastado do elenco por agredir um oficial da delegação, o volante Sulley Muntari, que defende o Milan-ITA, não foi citado por Appiah, mas deve ter sua punição exposta em breve. Por sua vez, Michael Essien, que também atua pelos rossoneros, será investigado pela Associação de Futebol, por ter faltado a um treino antes do compromisso contra Portugal.

Após se envolver em uma greve, exigindo o pagamento em dinheiro da federação de futebol local, Gana terminou sua participação de maneira vexatória, no último posto do Grupo G, com apenas um ponto somado – oriundo do empate com a Alemanha, pelo placar de 1 a 1.

AFP
"Quero atletas comprometidos e dispostos a morrer pelo país", disse o técnico ganês James Appiah