Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Uruguai entra com recurso para diminuir suspensão de Luis Suárez

Montevidéu (Uruguai)

Depois de pegar um gancho de nove partidas com a seleção uruguaia e ser obrigado a se afastar de atividades relacionadas a futebol pelos próximos quatro meses, o atacante Luis Suárez pode ter sua punição reduzida. Nesta quinta-feira, a Associação Uruguaia de Futebol apresentou uma apelação à punição imposta pela Fifa.

A entidade uruguaia esperou o seu atacante reconhecer o erro e pedir desculpas por ter mordido o italiano Giorgio Chiellini em uma partida da primeira fase desta Copa do Mundo. A informação foi confirmada pelo secretário-geral da Associação Uruguaia, Alejandro Balbi, à agência internacional Reuters.

"Ao impor uma pena tão grande, o que pretendemos fundamentalmente é que seja reduzida. São dois documentos separados. Logicamente os advogados de Suárez se focaram mais em baixar a suspensão do tema dos meses, e nós do tema das partidas, que é o que nos prejudica para as próximas competições", explicou o presidente da AUF, Wilmar Valdéz.

A suspensão aplicada sobre Suárez é a mais severa da história da Fifa, que havia considerado o fato de o atacante uruguaio já ter mordido adversários em outras duas ocasiões mais antigas. Com a punição de quatro meses e nove jogos com a seleção do Uruguai, o jogador não poderia atuar no início de temporada do Liverpoool e também nos primeiros jogos da Copa do Mundo.