Futebol/ Mercado - ( - Atualizado )

Venda de Alexis Sánchez é a segunda maior da história do Barcelona

Londres (Inglaterra)

A venda do atacante chileno Alexis Sánchez, por cerca de 30 milhões de libras (aproximadamente R$ 114 milhões), ao Arsenal, da Inglaterra, é a segunda maior da história do Barcelona, segundo o jornal inglês The Telegraph. O time catalão aproveitou a boa atuação do jogador na Copa do Mundo - marcou dois gols, um deles contra o Brasil - para negociá-lo antes do início da temporada 2014/2015, na Europa.

O meia português Luis Figo ainda encabeça a lista dos atletas mais caros vendidos pelo time catalão, custando 60 milhões de euros ao arquirrival Real Madrid, na temporada 2000/2001. Cesc Fábregas, vendido por 36 milhões de euros ao Chelsea (ING), é o terceiro colocado.

Ronaldo está na quarta posição entre os mais lucrativos ao Barça. Em 1997/1998, a Inter de Milão precisou desembolsar 25,7 milhões de euros para tirá-lo da equipe azul-grená. O craque Sueco Ibrahimovic completa o “Top Five” ao ser comprado pelo Milan, em 2011, por 24 milhões de euros.

Divulgação/Arsenal
De acordo com o jornal inglês The Telegraph, Alexis Sánchez foi vendido ao Arsenal