Futebol/Copa Sul-Americana - ( - Atualizado )

Abel Braga reconhece má fase do Inter e admite que ficou difícil

Porto Alegre (RS)

A derrota do Internacional para o Bahia foi a terceira seguida do Colorado, e o terceiro jogo consecutivo em que a equipe não marca gols. O último tento marcado pelo Inter foi na vitória por 1 a 0 sobre o Goiás, quatro jogos atrás, e foi contra. O técnico Abel Braga admite que o momento é ruim. Desde a volta da Copa do Mundo, o Colorado já acumula cinco vitórias e seis derrotas, contando jogos por Brasileirão, Copa do Brasil e Sul-Americana.

O fato de a equipe ter atuado com alguns reservas não atenua o fracasso desta quarta, acredita o técnico: “de quem deve atuar sábado (contra o Palmeiras, pelo Brasileiro) hoje não tínhamos apenas três jogadores. Precisávamos tirar um pouco do peso sobre o Rafael Moura, o Juan não dá para engatar uma sequência de jogos quarta e sábado e o Fabrício jogou todas as partidas do Brasileiro, está quase destreinado. O pior seria se eles tivessem atuado e nós perdido, o que complicaria a capacidade de reação deles para sábado”, analisou o técnico.

Ainda assim, Abelão discorda de que o Inter tenha dado fiasco ao levar 2 a 0 do Bahia nesta quarta no Beira-Rio: “não fomos felizes, foram três bolas na trave. Tomamos um gol de escanteio, que não vinha acontecido. Vexame seria se não tivéssemos lutado, com jogador de corpo mole. Aquele gol a um minuto do segundo tempo deu muita confiança ao Bahia”.

Abel também rechaçou a hipótese de que o Inter jogou desinteressado o confronto desta quarta-feira. E admitiu que a classificação ficou muito complicada com a derrota em casa: “eu preferia a Copa do Brasil, mas fomos muito bem eliminados pelo Ceará, que aliás hoje foi ao Rio e ganhou do Botafogo. Claro que a gente quer muito a Sul-Americana. Mas complicou muitíssimo, não tem dúvida.

Juan, Fabrício e Rafael Moura devem voltar ao time na partida de sábado, contra o Palmeiras, pelo Brasileiro. D’Alessandro, suspenso, está fora. Na partida da semana que vem, diante do Bahia, o Inter deve poupar vários titulares da viagem a Salvador.