Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Agora centenário, Palmeiras encara prova de força recebendo o Galo

São Paulo (SP)

No dia seguinte ao que virou centenário, o time que representa o Palmeiras em 2014 tenta fazer mais do que o mínimo para completar a semana de festa. Após, enfim, vencer no Brasileiro e sair da zona de rebaixamento, a equipe volta ao Pacaembu para encarar o Atlético-MG às 22 horas (de Brasília) desta quarta-feira, no primeiro duelo pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Mais do que uma torcida certamente animada pelas celebrações lembrando a história do clube com mais títulos nacionais do futebol brasileiro, o time precisa provar em campo que faz mais do que a sofrida vitória sobre o Coritiba, no sábado. A aposta é na confiança prevista com o fim da série de dez rodadas sem vitória no Brasileiro.

“Temos preocupação sempre. Será um jogo difícil, mas estamos trabalhando bem para seguir em todas as competições, sem deixar nada de lado. Estamos nos sentindo fortes e com mais confiança pela vitória de sábado e nos sentimos capazes de jogar e ganhar do Atlético-MG para passar com tranquilidade. O time está começando a se conhecer e está melhor a cada dia”, declarou o zagueiro Tobio, que, por opção de Ricardo Gareca, será poupado nesta quarta-feira.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Ricardo Gareca decidiu poupar jogadores no primeiro duelo contra o Atlético-MG pela Copa do Brasil
Gareca, agora mais longe dos limites que lhe fariam pedir demissão, abriu mão da oportunidade de entrosar o time e priorizou a sequência do Campeonato Brasileiro. Além de Tobio, poupará o lateral direito Wendel e o volante Wesley. Ainda sem poder contar com o goleiro Fernando Prass e o meia Valdivia, machucados, o argentino também não terá à disposição o atacante Leandro, suspenso, e pode apostar em Mendieta para atuar centralizado no 4-2-3-1.

Para encarar o Verdão, o Atlético-MG também terá desfalques. Além do volante Pierre, que deixou o departamento médico mas ainda não tem condições físicas ideais, o técnico Levir Culpi continua sem o lateral direito Marcos Rocha, o zagueiro Réver, o volante Leandro Donizete e o meia-atacante Guilherme.

Na ala direita, Alex Silva deverá ser mantido, mesmo com Levir Culpi admitindo que o atleta tem sentido a pressão nos últimos jogos. Na defesa, Jemerson parece ter conquistado a confiança do técnico e continuará ao lado de Leonardo Silva. Para as vagas de Pierre e Leandro Donizete, Rafael Carioca e Josué são as opções naturais. Na armação, Dátolo será mantido na vaga de Guilherme.

Divulgação/Atlético Mineiro
Convocado para a Seleção Brasileira, Diego Tardelli é a maior preocupação dos palmeirenses
A única mudança em relação ao time que venceu o Internacional na última rodada do Campeonato Brasileiro será o retorno de Jô. O centroavante foi substituído por André, que não convenceu e retornará ao banco de reservas.

“Tenho certeza que vamos encontrar um jogo difícil. Vai ser uma guerra mesmo. O Palmeiras virá para cima, mas não podemos aceitar esse jogo. Respeitar o adversário, mas jogar o nosso jogo”, afirmou o goleiro atleticano Victor.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X ATLÉTICO-MG

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 27 de agosto de 2014, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves e Jose Javel Silveira (ambos do RS)

PALMEIRAS: Fábio; Weldinho, Lúcio, Victorino (Gabriel Dias) e Juninho; Marcelo Oliveira e Renato (Felipe Menezes); Allione, Mendieta e Mouche; Henrique
Técnico: Ricardo Gareca

ATLÉTICO-MG: Victor; Alex Silva, Leonardo Silva, Jemerson e Pedro Botelho; Josué, Rafael Carioca, Maicosuel e Dátolo; Tardelli e Jô
Técnico: Levir Culpi