Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Apesar das falhas da zaga, Hélio dos Anjos garante não culpar elenco

Goiânia (GO)

Após sair vencendo a partida diante do Bragantino, fora de casa, o Atlético-GO passou por momentos de desatenção e cedeu a virada ao time da casa, que venceu o jogo por 2 a 1 e ganhou fôlego extra para lutar contra o rebaixamento. Descontente com a atuação da equipe, o técnico Hélio dos Anjos insistiu que não vai responsabilizar ninguém pela derrota, apesar dos gols adversários terem surgido de falhas da zaga rubro-negra.

O gol de empate foi dado ‘de presente’ ao Braga. Após cruzamento da esquerda, o lateral esquerdo Victor Oliveira se enrolou ao fazer a marcação e acabou tocando para o gol. No lance da virada, a zaga estava em linha quando a bola foi cruzada, e demorou a afastar a sobra do goleiro Roberto, dando condições para Luisinho complementar para as redes e decretar a vitória dos donos da casa.

“Na questão de levar gols, não quero dizer que só o setor defensivo falhou. Tenho que fazer uma análise cautelosa e interna. Não posso e não vou responsabilizar ninguém pela derrota”, garantiu Hélio dos Anjos. “Eu saio insatisfeito com o desempenho da minha equipe, não foi uma boa atuação. Tem que definir, e não fizemos isso”, prosseguiu.

Divulgação/Atletico-GO
Descontente com atuação da equipe na derrota, treinador garantiu que cobranças serão feitas internamente

O goleiro Roberto admitiu a má atuação da equipe, que teve a sequência de quatro vitórias seguidas quebrada, mas tratou de pensar na sequência de partidas. “Erramos sim, mas temos que erguer a cabeça. Já foi esse jogo, não tem mais o que pensar, é focar no próximo confronto, onde podemos construir uma nova história. Ficar falando do que passou não vai resolver nada, é só ter atenção para não repetir os erros”, comentou.

Fazendo coro ao discurso do goleiro, o zagueiro Adriano fez questão de focar nas próximas rodadas. “A gente procurou a vitória do início ao fim. Tivemos oportunidades e não fizemos; eles tiveram e acabaram sendo mais felizes. A caminhada é longa, não podemos ficar com essa derrota na cabeça”, falou.

Na 8ª posição, com 25 pontos somados, o Dragão tem um confronto direto no sábado, dentro de casa. O rubro-negro goiano recebe o Sampaio Correa, que tem somente um ponto a menos, em partida a ser disputada no Serra Dourada, às 16h20 (de Brasília).