Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Após derrota para o Coxa, dirigentes optam por saída de Jorginho

Curitiba (PR)

Após a derrota para o Coritiba por 2 a 0 na noite de quarta-feira no Couto Pereira, o técnico Jorginho foi desligado e saiu do comando do Vitória. A decisão foi tomada pelo executivo de futebol Marcos Moura Teixeira e pelo vice-presidente Epifânio Carneiro, em uma reunião realizada no hotel em que a equipe está hospedada em Curitiba, na madrugada desta quinta.

O clube procura um substituto e o novo treinador deve ser anunciado até segunda-feira. Carlos Amadeu deve assumir interinamente e comandar a equipe no próximo domingo diante do Figueirense, no Barradão. O nome mais cotado para o cargo é Enderson Moreira, demitido do Grêmio no final de julho.

Jorginho assumiu o Vitória no dia 25 de maio, no empate por 1 a 1 diante do Botafogo, no dia 25 de maio, e ficou no comando por 10 rodadas do Campeonato Brasileiro, conquistado duas vitórias, quatro empates e quatro derrotas. O técnico deixa a equipe na vice-lanterna, com 15 pontos.

Divulgação
Jorginho não é mais técnico do Vitória