Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Atleticanos lamentam desperdício das raras chances criadas

Curitiba (PR)

Em um jogo travado, baseado apenas na marcação forte, como foi Atlético Paranaense, que empataram em 0 a 0 na Arena da Baixada, pelo Campeonato Brasileiro, qualquer oportunidade de balançar as redes precisa ser aproveitada. E o Furacão não o fez. O zagueiro Dráusio, titular nas duas últimas partidas, acredita que tem faltando acertar algumas falhas para não deixar escapar os pontos.

“Detalhes. Nossa equipe está pecando em detalhes. Foi assim contra o Santos”, avaliou o defensor atleticano, lamentando os dois únicos lances criados pelo time para marcar o gol, ambos desperdiçados na entrada da pequena área. “Tivemos duas chances reais de gols e não concluímos. Precisamos prestar atenção nesses detalhes. E jogando em casa tem que sair com os três pontos”, acrescentou.

O atacante Marcelo, que esteve apagado na partida, sofrendo com a retranca baiana, atribuiu ao verdadeiro ferrolho encontrado pela frente o resultado, mas as chances perdidas também mereceram destaque “A equipe do Bahia é uma equipe que marca muito forte. Infelizmente não conseguimos marcar o gol, mas temos que trabalhar para poder conseguir o resultado na próxima rodada”, afirmou.

Enquanto isso, o atacante Douglas Coutinho, que entrou apenas na parte final da partida e teve uma das raras chances para marcar e desviou de cabeça pela linha de fundo. Agora, foca na reação diante do Goiás. “Entrei no segundo tempo e tentei ajudar. Corri, tive a oportunidade para fazer o gol. Mas, passei da bola. Agora, no próximo jogo precisamos conseguir a vitória para não ficar muito embaixo na tabela”, concluiu.