Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Atlético-PR se apega ao torcedor para conquistar vaga na Copa do Brasil

Curitiba (PR)

A derrota por 3 a 0 par o América-RN, em Natal, complicou a vida do Atlético Paranaense na Copa do Brasil, obrigando a equipe à no mínimo repetir a seu favor o placar na Arena da Baixada para ter alguma chance de disputar uma vaga para as quartas de finais da competição. O goleiro Weverton, que ao final da partida admitiu a baixa produção do time, ainda demonstra confiança na reversão do quadro.

“A gente tem que entender que não fizemos um bom jogo. Em um jogo de mata-mata, gols são importantes fora de casa e não conseguimos fazer. Infelizmente tomamos três. Vamos pensar no Brasileiro e, depois, sabemos que temos condições de reverter em casa”, afirmou o jogador, contando com o apoio das arquibancadas. “Será a reabertura da Arena e o torcedor vai fazer a diferença para a gente”, emendou.

Experiente, o atacante Cléo, que começou na reserva mas, deve retomar a titularidade com a ausência de Douglas Coutinho, que servirá à Seleção Brasileiro sub-20, lamentou os gols tomados, mas não pensa em desistir. “Tem que tentar. Não vamos desistir nunca. Lá a torcida vai ajudar. Fica difícil, quando você toma os gols como no primeiro tempo”, avaliou.

Mas é ao apoio do torcedor, que reencontrará sua casa de portões abertos, a quem o Furacão se apega. O lateral Sueliton acredita que, com esse empurrão extra, é possível buscar a classificação. “Dá para gente reverter esse resultado lá em Curitiba. A força do grupo e o apoio da torcida vão nos ajudar. Nada se compara a torcida do Atlético. Eles nos darão força até o último minuto e acreditamos na vitória. Sabemos das dificuldades, mas podemos dar a volta por cima e reverter”, finalizou.

Divulgação/Atlético-PR
Equipe rubro negra acredita na força do torcedor para reverter o placar e garantir a vaga na Copa do Brasil