Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Brunoro vê problema emocional do time e não impõe prazo a Gareca

São Paulo (SP)

Um dia depois da derrota para o Sport, que colocou o Palmeiras na lanterna do Campeonato Brasileiro, o diretor executivo do clube, José Carlos Brunoro, avaliou que o problema da equipe é de aspecto emocional. No desembarque da delegação alviverde, no aeroporto de Guarulhos, no início da tarde desta quinta-feira, o dirigente ainda explicou que seu papel é dar confiança à comissão técnica em meio à crise.

“É mais o emocional mesmo e temos mais é que dar tranquilidade, começando pela comissão técnica, para que ela possa transmitir isso aos jogadores. Logo as coisas começam a engrenar”, afirmou.

Com a derrota sofrida na Arena Pernambuco, o Palmeiras chegou à marca de dez rodadas sem vitórias no Brasileirão, estacionado com 14 pontos. O técnico Ricardo Gareca, que assumiu efetivamente a equipe durante a paralisação para a Copa do Mundo, ainda não venceu na competição, mas Brunoro prefere não estipular um prazo para começar a ver o trabalho do argentino surtindo efeito.

“Não tem prazo. Acho que está fazendo um trabalho legal e é questão de tempo (para reagir)”, ponderou. Brunoro também tratou de minimizar as pichações contra a diretoria nos arredores da nova arena alviverde, nesta quinta.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Brunoro não escondeu a decepção com os resultados, mas confia na recuperação do Palmeiras com Gareca
“Não tenho muito o que pedir para a torcida, porque os resultados não estão vindo. É normal que a torcida não fique satisfeita, não dá para explicar a derrota, é uma situação difícil, mas quem acompanha o dia a dia nota um pouco de situação psicológica mais do que técnica. O time começa jogando bem, toma gol e se abate. É por aí que temos de sair”, ponderou.

Apesar das pichações, não houve qualquer protesto contra o time no desembarque desta quinta, e os cerca de dez seguranças que receberam o elenco tiveram pouco trabalho no aeroporto.

Na noite de quarta, o Palmeiras saiu na frente no placar contra o Sport, mas sofreu a virada por 2 a 1. O próximo compromisso da equipe será contra o Coritiba, na noite de sábado, no Pacaembu