Futebol/Centenário do Palmeiras - ( - Atualizado )

CBF homenageia Palmeiras por Centenário e recorda 'Seleção' de 1965

São Paulo (SP)

O Palmeiras tem recebido diversas homenagens nesta terça-feira, dia de seu centenário. Uma delas foi da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), exaltando uma das únicas equipes que ofereceu jogadores para a Seleção nas cinco conquistas mundiais.

“Parabenizo, em nome também dos diretores e funcionários da entidade, este clube que completa os 100 anos de uma bela história. O Palmeiras merece as homenagens pelo centenário não só do presidente da CBF, mas de toda a comunidade esportiva do país, pela sua grandeza e representatividade”, afirmou o presidente José Maria Marin.

A CBF fez questão de lembrar o evento de inauguração do Mineirão, no dia sete de setembro de 1965, em que a Seleção Brasileira foi representada pelo Palmeiras. Convidado pela então CBD, o clube, com todo o elenco, formou a equipe canarinha que venceu o Uruguai por 3 a 0, com gols de Rinaldo, Tupãzinho e Germano.

A Seleção, representada pelo Alviverde, jogou com Valdir Moraes (Picasso), Djalma Santos, Djalma Dias, Valdemar (Procópio) e Ferrari; Dudu (Zequinha) e Ademir da Guia; Julinho (Germano), Servílio, Tupãzinho (Ademar) e Rinaldo (Dario). “Um timaço, uma verdadeira seleção”, afirmou a CBF na homenagem.

A confederação ainda elogiou as conquistas palmeirenses. “O Palmeiras tem um extenso currículo de conquistas, que dá bem a dimensão da sua grandiosidade: oito campeonatos brasileiros, 22 títulos paulistas, uma Libertadores da América e a Copa Rio de 1951, duas Copas do Brasil, uma Copa dos Campeões, Copa Mercosul, para ficar nos mais expressivos”.