Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Ceni treina, e Muricy escala Hudson pela primeira vez como titular

São Paulo (SP)

O técnico Muricy Ramalho ensaiou o São Paulo, na manhã desta terça-feira, em um um raro treinamento apronto aberto para a imprensa, no CT da Barra Funda. Desfeitas as dúvidas para o duelo com o Internacional, portanto: Rogério Ceni treinou normalmente, e a vaga no meio-campo ficará pela primeira vez com Hudson.

Em virtude de dores no músculo posterior da coxa direita, das quais reclamou ao final da vitória sobre o Palmeiras, Ceni passou a tarde de segunda-feira em tratamento e não foi para o campo. Nesta manhã, no entanto, ele trabalhou normalmente com bola e, caso não venha a se queixar novamente de desconforto no local, será o capitão são-paulino no Beira-Rio.

Já Hudson terá sua primeira chance como titular. Em pouco mais de quatro meses de clube, o volante atuou apenas cinco vezes, todas elas entrando no decorrer do segundo tempo - quase sempre nos minutos finais. Desta vez, com a suspensão de Souza e o desfalque confirmado de Maicon, que não se recuperou de tendinite na coxa direita, ele era a única opção para formar o meio-campo ao lado de Denilson.

SPFC - Site Oficial
Hudson disputou cinco partidas com a camisa do São Paulo até aqui, todas elas entrando no segundo tempo
Contratado depois de se destacar no Campeonato Paulista pelo Botafogo, de Ribeirão Preto, o camisa 25 não foi indicação de Muricy. Sua chegada foi um esforço pessoal de João Paulo de Jesus Lopes, então vice-presidente na gestão do presidente Juvenal Juvêncio, antecessor de Carlos Miguel Aidar. Na diretoria atual, Jesus Lopes é vice de administração e finanças.

Com a negociação em andamento, Muricy chegou a dizer que não tinha interesse no atleta. Assim que ela se concretizou, o treinador alegou ter mentido para não valorizá-lo. "Se eu tivesse falado que estava interessado, dobraria o valor. Ele veio do jeito que a gente queira, com salário baixo e até o fim do ano. Não fazemos loucura", explicou-se, mais tarde.

Confirmado no time, o volante será a única novidade em relação à formação que atuou diante do Palmeiras e agora será composta por Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Álvaro Pereira; Denilson, Hudson, Ganso e Kaká; Alexandre Pato e Alan Kardec. O confronto em Porto Alegre está marcado para 22 horas (de Brasília) desta quarta-feira.