Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( )

Claudinei Oliveira: "Nessa situação, é ganhar o jogo e ponto"

Curitiba (PR)

Foi com sufoco, time jogando mal, principalmente no segundo tempo, recuado demais e desorganizado. Mesmo assim, a torcida que compareceu à Vila Capanema pode comemorar a vitória do Paraná Clube por 1 a 0 sobre o Icasa, concorrente direto na fuga da zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro. O técnico Claudinei Oliveira credita a queda de produção a necessidade do adversário em buscar pontos de um lado e, de outro, o temor dos paranistas em deixar escapar os pontos em casa.

“Achei que a equipe vinha fazendo um grande jogo, e a partir do momento que fizemos o gol, acho que pé natural que a equipe que está numa situação ruim na tabela, se lança. E o Icasa se lançou de qualquer forma ao ataque, criando dificuldade para nossa linha de defesa”, avaliou o treinador que tentou, sem sucesso, arrumar o posicionamento no intervalo da partida. “No intervalo pedi aos jogadores que não ficassem só marcando. Não conseguimos essa posse de bola que pedi, mas, nessa situação atual, é ganhar o jogo e ponto”, completou.

O comandante paranista acredita que os problemas financeiros do clube não estão sendo sentidos dentro de campo e acredita em uma semana melhor ara trabalhar na busca por uma sequência de vitórias. “Semana passada foi ruim porque perdemos, essa vai ser maravilhosa porque ganhamos. O extracampo tenho certeza que será resolvido. Os jogadores trabalharam, se esforçaram, ninguém esta deixando de querer a vitória. Gostaria que tivesse jogado melhor tecnicamente, mas estou feliz com o resultado”, disse.

Nesta quarta-feira chega ao fim o prazo dado pelo elenco à diretoria para uma definição sobre o pagamento de salários atrasados. Claudinei espera que tudo se ajeite e o foco se volte para o Bragantino adversário de sábado. “O elenco estará de folga, para as coisas se ajeitarem. E tem uma reunião com os atletas, a direção do clube e o sindicato. Acho que as coisas vão se acertar. Os jogadores querem jogar, a diretoria quer saldar tudo e o sindicato quer colaborar. Espero nos reapresentarmos quinta-feira, no Boqueirão, tranquilos”, concluiu.