Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Com bom desempenho, Luxemburgo veta empolgação rubro-negra

Rio de Janeiro (RJ)

Os bons resultados alcançados pelo Flamengo sob o comando de Vanderlei Luxemburgo – que tiraram o time da zona do rebaixamento – não abalaram a convicção do treinador de que o momento ainda é de cautela e não de euforia. Depois de conseguir, diante do Coritiba, a primeira vitória fora de casa na competição, Luxa disse, em entrevista coletiva, que nada aconteceu que possa alterar a filosofia de jogo da equipe da Gávea.

“Basta perdemos um jogo que vamos voltar rápido para a zona da confusão. É preciso seguir trabalhando para conseguir resultados que nos coloquem em posição confortável. Por enquanto, a situação do Flamengo ainda é de risco. E não adianta ficar pensando em alcançar Cruzeiro, Corinthians, Inter. Eles estão em outro patamar”, disse.

O treinador rubro-negro afirmou que foi muito importante para o time acabar com dois tabus que o perseguiam no Brasileiro. Em Curitiba, o Flamengo conseguiu marcar fora de casa e alcançou a primeira vitória como visitante.

“Estamos buscando um percentual que nos dê tranquilidade para trabalhar. Temos agora um jogo em casa e é fundamental alcançar outro resultado positivo. Isso é o que dá confiança ao grupo e motiva a torcida. E por falar em torcida, espero que a casa esteja cheia na quarta-feira. Estamos precisando de muito apoio”, pediu.

Desfalque - Para a vaga de Alecsandro – suspenso pelo terceiro cartão amarelo – Vanderlei está propenso a escalar Arthur, embora ainda exista a alternativa de colocar Lucas Mugni e adiantar Eduardo da Silva. A decisão só vai acontecer no treinamento desta terça-feira. Élton, contratado por empréstimo ao Corinthians, só deve ter condições de jogo para o final de semana, quando o Flamengo enfrentará o Criciúma, no Heriberto Hulse.