Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( )

Com Cañete vetado, Vítor Michels deve alcançar a titularidade no Náutico

Recife (PE)

Contratado com a função de articular o meio-campo do Náutico, o argentino Marcelo Cañete, lesionado na coxa direita, não poderá entrar em ação neste sábado, quando os alvirrubros medem forças com a Ponte Preta, às 16h10 (de Brasília), no Moisés Lucarelli. Durante as movimentações semanais, o jovem técnico Dado Cavalcanti deu indícios que o jovem Vítor Michels, ex-Criciúma, deve ficar com a vaga, que também não caberá a Vinícius, suspenso.

Michels atuou por poucos minutos com o manto do Timbu, na derrota para o Santa Cruz (3 a 0), ainda sob o comando de Sidney Moraes. Ele tem como concorrente direto Marcos Vinícius, que já foi titular em seis oportunidades – e saiu do banco de reservas em outras quatro na Segunda Divisão.

Entretanto, essa não será a única troca que Dado deve fazer. Na lateral esquerda, Roberto pode ganhar a vaga de Raí, voltando a ser titular após quatro jogos. Curiosamente, sua última aparição entre os 11 iniciais fora no insucesso contra o rival coral.

Neste contexto, o Náutico pode ir a campo configurado no 4-3-3, com Júlio César; Rafael Cruz, Edvânio, Flávio e Raí; João Ananias, Paulinho e Vítor Michels; Sassá, Marinho e Tadeu. Em fase final de preparação física, Renato Chaves e Crislan figuraram apenas nos últimos minutos da atividade e devem ficar na reserva.

Com a vitória sobre o América-RN, na última rodada, por 2 a 1, o Alvirrubro aparece na nona posição, com 27 pontos somados, trilhando um retrospecto de oito vitórias, três empates e sete derrotas. Seu ataque anotou 22 gols e sua defesa acabou vazada em 23 oportunidades.