Futebol Internacional/Liga Europa - ( - Atualizado )

Com gol e assistência, Paulinho leva Spurs à fase de grupos da Liga

Londres (Inglaterra)

Presente no banco de reservas durante as primeiras rodadas do Campeonato Inglês, o brasileiro Paulinho teve nova oportunidade diante do AEL Limassol, na tarde desta quinta, na partida de volta pela fase preliminar da Liga Europa. De volta ao gramado de White Hart Lane, após usufruir de um período maior de férias com o término do Mundial, o camisa 8 teve atuação de destaque, colaborando para o placar de 3 a 0 com gol e assistência.

O Tottenham, mesmo jogando a favor do regulamento, por ter vencido a partida de ida, disputou o jogo de forma competitiva do início ao fim e não abdicou do ataque em nenhum momento. Somando o placar em Londres com o da primeira partida, os Spurs avançaram a fase de grupos com um placar agregado de 5 a 1 frente aos cipriotas do Limassol.

Após cumprir o dever de casa, superando a fase eliminatória, os ingleses aguardam o sorteio para saberem o caminho dentro da competição. O sorteio que define os confrontos da fase de grupos da Liga Europa acontecerá nesta sexta-feira.

O jogo

Apesar de jogar com o regulamento, já que o resultado da primeira partida o favorecia, o Tottenham, embalado pelo apoio da torcida, lançou-se ao ataque desde o início da partida, acuando a equipe cipriota do AEL Limassol e protagonizando as chances mais claras de gol.

Abusando da velocidade pela lateral de campo, os donos da casa chegavam com facilidade à área adversária, enquanto o Limassol tinha dificuldades para ultrapassar a linha que divide o campo, mesmo precisando jogar pela vitória para classificar. Foi recorrendo à velocidade nas laterais do campo que o Tottenham criou a primeira jogada de perigo da partida.

Aos 5 minutos de jogo, o lateral-direito Naughton foi lançado na direita e, ao dominar a bola já invadindo a área, chocou-se com o goleiro Fegrouch quando tentou driblá-lo. O árbitro, que acompanhava o lance de perto, acusou a falta e marcou a penalidade a favor dos Spurs.

No lance, o goleiro marroquino levou a pior após o choque com o adversário e precisou ser substituído pelo reserva Pulpo Romero, para o trauma na face ser avaliado de forma mais cautelosa pelos médicos. O atendimento médico ao camisa 1 paralisou a partida por cerca de sete minutos, que foram acrescidos ao tempo regulamentar.

O arqueiro reserva, mesmo frio, assumiu a meta e defendeu a penalidade, cobrada por Kane no centro do gol, evitando que o placar fosse aberto antes dos quinze minutos de jogo. Após perder o pênalti, o centro avante continuou criando as principais chances ofensivas dos Spurs, movimentando-se muito no comando de ataque e saindo da área para criar jogadas.

AFP
Apesar de pênalti perdido, atacante Harry Kane protagonizou principais jogadas ofensivas do Tottenham (Foto: Ben Stansall/AFP)

Até meados da primeira etapa, o camisa 18 teve, ao menos, três chances para abrir o placar, mas acabou errando o chute em todas as oportunidades. Com toques rápidos e inversões de bola, os comandados do italiano Maurício Pochettino ditaram o ritmo da partida e procuraram centralizar as jogadas, da lateral para o meio, utilizando Kane como referência.

Após as seguidas tentativas frustradas, a equipe mandante só balançou a rede nos acréscimos do primeiro tempo. Aproveitando a desatenção da defesa, o brasileiro Paulinho roubou a bola no campo de ataque e serviu Kane, que recebeu livre e arrematou para o fundo das redes, abrindo o placar e aumentando a vantagem inglesa.

Na única oportunidade que o Limassol conseguiu invadir a área de Lloris, o atacante tentou cavar um pênalti ao cortar Dier dentro da área, mas o árbitro, acompanhando o jogo de perto, mandou a jogada seguir normalmente.

Na volta do intervalo, o Spurs, ignorando a vantagem no placar agregado, continuou suas investidas ao ataque na tentativa de ampliar o placar. A primeira oportunidade, logo aos dois minutos, surgiu com Kane. O atacante recebeu de Townsend na entrada da área e finalizou rasteiro, à direita da trave de Pulpo.

Passados dois minutos, o Tottenham ampliou o marcador com o meio-campista Paulinho. Após começar o Inglês na reserva, o brasileiro foi utilizado nas duas partidas da Liga Europa e teve as atuações coroadas com um gol, o primeiro dele nesta temporada. Após roubada de bola de Townsend dentro da área, o camisa 8 recebeu, cortou o zagueiro e bateu rasteiro para aumentar o marcador.

Aos 16 jogados, Townsend ganhou do marcador no meio campo e achou Kane no meio. O centro avante lançou Paulinho no comando de ataque e o brasileiro, ao cortar a marcação, rolou para Lennon, que encobriu o goleiro e viu a zaga tirar a bola em cima da linha, evitando o terceiro gol dos donos da casa.

AFP
Meia brasileiro marca gol e dá assistência, ajudando Tottenham a confirmar classificação (Foto:Ben Stansall/AFP)

Porém, os cipriotas conseguiram adiar o acontecimento em apenas três minutos. Aos 19, Naughton novamente se envolveu em lance de penalidade. O lateral tentou cruzar a bola na área e o zagueiro brasileiro Edmar, do Limassol, interceptou o lançamento com a mão.

Em razão da cobrança desperdiçada no início da partida, o batedor foi alterado. Convocado por Roy Hodgson para defender a seleção inglesa, o meio-campista Andros Townsend assumiu a responsabilidade e bateu com convicção no canto esquerdo de Pulpo, aumentando o placar para 3 a 0 e selando a classificação dos ingleses para a fase de grupos da Liga Europa.

Apesar de o jogo já estar decidido, a equipe mandante não abdicou do ataque e o arqueiro do Limassol teve que trabalhar para evitar uma goleada ainda maior. Com toque de bola rápido e muita movimentação no meio de campo, o Tottenham conseguiu envolver facilmente a marcação adversária e chegar diversas vezes á área do AEL.

Após um gol e uma assistência, Paulinho quase fechou sua participação com um ‘gol de placa’. A sete minutos do fim, após cobrança de escanteio, o camisa 8 dominou a bola na primeira trave e emendou uma linda bicicleta, obrigando Pulpo a fazer bela defesa e, no rebote, evitar o gol de Kane graças ao reflexo apurado.

Confira os demais confrontos preliminares para a Liga Europa. Em negrito, as equipes que conseguiram a classificação à fase de grupos:

12h Lokomotiv 1 x 4 Apollon Limassol
13h Metalist 1 x 0 Ruch Chorzów
13h FK Krasnodar 3 x 0 Real Sociedad
13h Omonia 1 x 2 Dynamo Moscou
13h Neftchi 1 x 2 Partizan
13h15 PAOK 4 x 0 FC Zimbru
13h45 Astra Giurgiu 0 x 1 Lyon
14h Shakhtyor 0 x 2 PSV
14h FK Rostov 0 x 0 Trabzonspor (agregado 0 x 2)
14h Sheriff 0 x 3 HNK Rijeka
14h Hajduk Split 0 x 0 Dnipro (agregado 1 x 2)
14h30 FC Twente 1 x 1 Karabakh (classificado pelo gol fora de casa)
14h30 Maccabi Tel Aviv 3 x 1 Asteras Tripolis
15h Feyenoord 4 x 3 Zorya
15h Midtjylland 0 x 2 Panathinaikos
15h30 FC Zürich 1 x 1 Spartak Trnava (agregado 4 x 2)
15h30 Torino 1 x 0 RNK Split
15h30 Debrecen 0 x 0 Young Boys (agregado 1 x 3)
15h30 Sparta Praga 3 x 1 Zwolle
15h30 Saint-Étienne 2 x 0 DC Karabukspor
15h30 Rapid Wien 3 x 3 HJK (agregado 4 x 5)
15h45 Hull City 2 x 1 Lokeren
15h45 Internazionale 6 x 0 Stjarnan
15h45 Villarreal 4 x 0 FC Astana
15h45 Borussia Monchengladbach 7 x 0 FK Sarajevo
15h45 Nacional 2 x 3 Dinamo Minsk
16h Legia Warszawa 2 x 0 Aktobe
16h Club Brugge 1 x 0 Grasshoppers
16h Dinamo Zagreb 2 x 1 FC Petrolul Ploiesti
17h15 Rio Ave 1 x 0 Elfsborg