Futebol/Mercado - ( )

Corinthians ainda aguarda Nilmar e admite risco de perder Cleber

São Paulo (SP)

O Corinthians ainda não está com seu elenco totalmente fechado para o restante da temporada, pois corre o risco de perder o zagueiro titular Cleber e também aguarda uma possível chegada de Nilmar. Em participação no programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, o diretor de futebol alvinegro, Ronaldo Ximenes, confirmou que o atacante pode ser contratado.

“O Nilmar é uma oportunidade que surgiu. Ele tem 30 anos, passou sua fase de ouro, mas não vamos deixar de dizer que se trata de um grande atleta. Se for conveniente financeiramente e em todos os outros pontos, estamos bem adiantados na conversa com seu representante”, afirmou.

Nilmar, que atuou pelo Corinthians entre 2005 e 2007, deve voltar ao Brasil depois de passagem pelo futebol do Catar. Mano Menezes insiste que seu elenco precisa de mais um atacante, para suprir possíveis convocações do peruano Paolo Guerrero e do paraguaio Romero, e o nome do ex-corintiano é o que mais agrada ao treinador. No entanto, o Internacional também tem interesse no atacante.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Ronaldo Ximenes explicou que o Corinthians pode receber oferta por Cleber nesta segunda
Enquanto tenta reforçar seu ataque, o Corinthians trabalha para evitar um desfalque na defesa, pois Cleber recebeu sondagem do futebol da Alemanha. “Ainda não temos algo concreto, mas existe a possibilidade de ele ir. O empresário dele me falou que trará uma proposta amanhã (segunda) para levar o Cleber para lá. Estou aguardando”, declarou o dirigente.

Se a oferta realmente chegar, o Alvinegro dificilmente conseguirá segurar seu jogador, já que os direitos do zagueiro não pertencem ao clube, e sim a investidores. Para evitar a saída, só se o Corinthians cobrir uma eventual oferta de fora.

“O Corinthians não tem nada dos direitos. Se chegar, ou temos de cobrir a proposta, o que é difícil, ou somos obrigados a liberar. Temos esse direito de aquisição, mas precisamos ver a vontade do jogador também”, completou.