Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Culpi vê falhas na conclusão, mas entende que Galo poderia vencer no Couto

Curitiba (PR)

O técnico Levir Culpi admite que o Atlético-MG precisa melhorar para a sequência de jogos, mas entende que o Galo poderia ter deixado o Couto Pereira com uma vitória contra o Coritiba. O treinador aponta as falhas de finalização como responsáveis pelo empate sem gols no duelo deste domingo.

“O jogo foi o que nós esperávamos. Ritmo muito forte, parecido com Libertadores, pois o próprio gramado ofereceu está condição. Tivemos bons momentos na partida e estivemos mais próximos da vitória que o Coritiba. Teve bons momentos na partida, mas estamos pecando um pouquinho nas finalizações. Poderíamos ter saído com a vitória. Houve volume para isso”, avaliou.

Apesar de o time não ter apresentado um bom futebol, o empenho na parte física agradou ao técnico atleticano, que argumenta que tem faltado tempo para treinar. Segundo ele, a pausa entre os jogos tem servido apenas para recuperar os atletas, e que isso tem prejudicado o andamento do trabalho no Atlético-MG.

“Houve um empenho muito legal dos jogadores, empenho físico principalmente. Os jogos estão sendo disputados em uma rotação física altíssima e não existe tempo para treinamento, apenas recuperação para o próximo jogo. Tem coisas técnicas e táticas que a gente precisa melhorar com a continuidade, e isso tem dificultado um pouquinho”, declarou.

Divulgação/Bruno Cantini/Atlético-MG
O técnico Levir Culpi comparou o compromisso do Galo no Couto Pereira com a Libertadores: "Ritmo muito forte"