Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Desfalques e busca de movimentação fazem Adílson mudar o time

Rio de Janeiro (RJ)

O técnico Adilson Batista comandou um trabalho tático na manhã desta quinta-feira e começou a preparar a equipe do Vasco que vai enfrentar o Avaí neste sábado, às 16h20 (de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), pela 19ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O treinador vai promover algumas modificações, na sua maioria por conta de desfalques, mas procura também um modelo que permita ao time ter mais movimentação e velocidade quando está com a posse de bola.

Adilson Batista não poderá contar com o lateral direito Marlon, com o volante argentino Pablo Guiñazu e com o meia colombiano Montoya, que vinha atuando no ataque. Pelo que se viu na atividade, o jovem Lorran vai ganhar uma chance na lateral esquerda, já que Diego Renan, a outra opção, retornou aos treinos apenas esta semana após se recuperar de um estiramento muscular na perna esquerda. Em termos de volantes haverá troca de hermanos, já que Aranda foi o escolhido para a vaga de Guiñazu, enquanto que Guilherme Biteco ganha a vaga de Montoya.

As mudanças não pararam por aí. O meia argentino Maxi Rodríguez, que foi contratado recentemente junto ao Grêmio e lançado ao time titular, parece que vai perder a posição para Dakson, recuperado de dores musculares na coxa direita. A mudança faz parte da estratégia do treinador de dar maior poder de movimentação ao time, que tem encontrado dificuldade de furar retrancas rivais quando atua em São Januário. Jogando em casa o time sofreu em algumas partidas, como na última terça-feira, no empate por 1 a 1 com o ABC pela Copa do Brasil.

Divulgação/Vasco da Gama
Adilson Batista fará mudanças na equipe do Vasco para a rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

“Nós precisamos ser ainda mais eficientes nos jogos em casa, pois nessas ocasiões os adversários procuram sempre jogar no nosso erro, desafiando o nosso poder de movimentação. Vamos trabalhar sempre no sentido de criar o máximo de opções, que nos permitam ter um bom poder de finalização”, afirmou Adilson.

Os jogadores concordam com o treinador.

“Realmente estamos encontrando dificuldades quando o adversário forma uma linha de paredão na frente de sua defesa e impede a ação do nosso time. Quando pegamos rivais que jogam e deixam jogar a coisa fica mais solta. Porém, essa dificuldade vem sendo trabalhada pelo Adilson e tenho certeza de que os progressos serão sentidos”, disse o zagueiro Rodrigo.

Ainda em relação ao treino desta quinta-feira, o lateral direito Carlos César e o volante Fabrício foram preservados para se evitar desgaste muscular. Já Rodrigo participou apenas da primeira parte da atividade. Nenhum deles chega a preocupar para sábado. Sendo assim, pelo que se viu na atividade, se nada de anormal acontecer, o esboço do time do Vasco para sábado tem: Martín Silva; Carlos César, Rodrigo, Douglas Silva e Lorran; Aranda, Fabrício, Dakson e Douglas; Guilherme Biteco e Kleber Gladiador.

Nesta sexta-feira o elenco participa de um treino na parte da manhã, novamente em São Januário. Em seguida começa o período de concentração para o duelo, que fecha o primeiro turno. Atualmente o Cruz-Maltino aparece com 32 pontos, empatado com América-MG e Ceará na primeira colocação. O triunfo é importante para manter o time na zona de acesso para a elite do futebol nacional.