Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Devido a problema no aeroporto, julgamento do Icasa é adiado

Rio de Janeiro (SP)

O julgamento que pode excluir o Icasa da Série B do Campeonato Brasileiro deveria ter sido realizado nesta segunda-feira, mas devido a problemas no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, os auditores não puderam chegar à sede do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e a audiência foi adiada para sexta-feira.

De acordo com o departamento jurídico da equipe cearense, o Figueira escalou o volante Luan de forma irregular na Série B de 2013 e deveria ser punido. o Icasa cobra da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) uma indenização no valor de R$30 milhões, alegando irregularidade na participação do Figueirense na Série A – vaga que, na concepção do Icasa, deveria ser do próprio clube.

O Verdão do Cariri, por outro lado, é acusado de ter acionado a justiça comum antes de esgotar as outras instâncias desportivas. Independentemente do resultado, o Icasa ainda terá um novo julgamento de recurso, que deve ser realizado no dia 05 de setembro.

Além das questões jurídicas, a equipe enfrenta problemas dentro de campo. É o primeiro time fora da zona de rebaixamento, em 16º lugar, com 19 pontos.