Futebol/Futebol Internacional - ( - Atualizado )

Di María quer "alcançar Champions" para fazer valer investimento do United

Manchester (Inglaterra)

Se o começo de temporada deixa o torcedor do Manchester United preocupado, o reforço apresentado no Old Trafford nesta quinta-feira renova as esperanças. Ao assumir a camisa 7 dos Red Devils, Ángel Di María mostra-se ansioso para entrar em campo vestindo vermelho, assegurando ainda que dará tudo o que puder para ver o clube voltar a brigar por taças.

“Gosto do Manchester United e quis vir para cá mesmo sem disputar a Champions League nesta temporada”, garante o reforço, que promete fazer de tudo para adicionar jogos no calendário vermelho. “Quero ajudá-los a alcançar a Liga dos Campeões novamente. Estou muito grato que Louis van Gaal me escolheu.”

Em três jogos nesta temporada, o United empatou um e perdeu dois, com direito à goleada por 4 a 0 sofrida para o Milton Keynes, da terceira divisão inglesa. O vexame culminou na eliminação precoce da Copa da Liga e a equipe que já jogaria poucas partidas na temporada viu seus compromissos diminuírem ainda mais.

Reprodução/Twitter
Di María é maior aposta do United na tentariva de ressurgir após a fraca campanha na temporada
Assim, Di María chega com a missão de recolocar o Manchester United na Liga dos Campeões, mas, acima de tudo, na briga por títulos. “O United sempre venceu muitos troféus e é um grande clube. Vim para ajudá-los a melhorar seu jogo e para vencer muitos troféus com eles”, projeta o argentino.

O meio-campista custou caro aos cofres vermelhos e fez o Manchester United invadir o Top 10 de maiores transferências da história do futebol, geralmente dominado pelos espanhóis Barcelona e Real Madrid. Mesmo assim, Di María não se sente pressionado pela quantia. “Os valores não me incomodam, é verdade que foram pagos 60 milhões de libras (mais de R$ 220 milhões). Negociar é para presidentes, meu papel é jogar bem e fazer o melhor pelo clube.”