Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Diante do América-MG, Ponte Preta será obrigada a improvisar na lateral

Belo Horizonte (MG)

Nesta sexta-feira, às 19h30 (de Brasília), a Ponte Preta mede forças com o América-MG, no Estádio Independência, em Belo Horizonte. Para o duelo em solo mineiro, o técnico Guto Ferreira terá que lidar com dois desfalques: os laterais-esquerdos Brayan e João Paulo. Assim, o comandante será obrigado a improvisar.

Para o posto, os mais cotados são Juninho – volante, que já atuou na posição – e Fernando Bob, que substituiu Uendel (hoje no Corinthians) nesta função durante a decisão da última Copa Sul-americana, diante do Lanús-ARG, quando a Macaca acabou derrotada por 2 a 0. Neste contexto, os zagueiros Diego Sacoman e Gilvan correm por fora.

Entretanto, excetuando o problema, Guto deve manter a ofensividade na configuração alvinegra, adotando um móvel 4-4-2: Roberto; Rodinei, Tiago Alves, Diego Sacoman e Juninho; Élton, Fernando Bob, Adrianinho e Roni; Jonathan Cafu e Rafael Costa. A equipe titular será confirmada no treino desta quinta-feira, que ocorre na Toca da Raposa II, durante o período matutino.

Divulgação/A. A. Ponte Preta
Guto Ferreira não se posicionou sobre o aproveitamento de artilheiro Edno (Foto: PontePress/Victor Hafner)
Na última movimentação, marcada em domínio cruzeirense, deve ser solucionada a situação de Edno. Contratado como esperança de redes balançadas, o ex-corintiano ainda detém a artilharia da equipe, com seis gols, mas oscilou durante a Segundona e não tem posição garantida sequer no banco de suplentes.

Caso emplaque mais uma vitória – a quarta consecutiva –, a Ponte Preta poderá entrar, pela primeira vez, no grupo dos quatro primeiros classificados. A equipe de Campinas é a sexta colocada, com 28 pontos, distante duas unidades do América-MG.