Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Diego Jardel supera morte do avô para ajudar Avaí a golear o Vasco

Florianopolis (SC)

Na tarde deste sábado, enquanto Diego Jardel defendia as cores do Avaí em São Januário, no decisivo duelo diante do Vasco, seu avô, Fridolino, era velado em Santa Catarina. Entretanto, a ausência na cerimônia foi recompensada. O articulador, substituto do experiente Marquinhos, balançou as redes cariocas e não se esqueceu do antepassado na emocionada comemoração, aos 20 minutos do segundo tempo, cobrando falta. O tento foi apenas um dos cinco que o Leão da Ressacada marcou em solo carioca, desencadeando uma grande crise no adversário – que culminou na demissão do técnico Adílson Batista.

“O gol foi um ponto feliz no dia, pois pude ajudar minha equipe. Procurei fazer meu trabalho e esquecer tudo. O futebol é meu ganha-pão. Minha família toda está lá e não conseguiu acompanhar o jogo, mas certamente ficarão contentes. Agora é bola pra frente”, ressaltou.

Quando questionado sobre as lembranças que tem do avô, Jardel não segurou a emoção. “Ele sempre foi um cara do bem e vai fazer falta na minha vida. Com certeza, foi para um lugar melhor do que estamos. Porém, vamos comemorar essa vitória, ainda que com um ‘pingo’ de pesar”, discorreu.

Marcelo Sadio/Divulgação/Vasco da Gama
Enquanto Eduardo Costa marca Guilherme Biteco, Diego Jardel observa a movimentação no meio-campo
O Avaí inaugurou o placar aos 37 minutos do primeiro tempo, com o veloz atacante Anderson Lopes. Antes da etapa complementar, o meia Diego Felipe ampliou a vantagem – e marcaria, futuramente, o quarto gol, com 24 jogados do tempo complementar. Diego Jardel e Roberto fecharam o humilhante marcador no Rio de Janeiro.

A equipe de Florianópolis volta a campo no próximo sábado, às 16h10 (de Brasília), diante do América-RN, na Ressacada. Os comandantes de Geninho somam 34 pontos, trilhando dez vitórias, quatro empates e cinco derrotas.