Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Doriva conversa com jogadores do Furacão para ajustar o time

Curitiba (PR)

O Atlético Paranaense não teve o aproveitamento esperado em suas duas partidas fora de casa pelo Campeonato Brasileiro, diante de Sport e Santos, voltando para Curitiba com apenas um ponto somado. Por isso, diante do Bahia, neste domingo, na Arena da Baixada, o técnico Doriva espera por uma equipe mais equilibrada, que tenha evoluído nesse período, assim como já detectou diante do Peixe, mesmo com derrota.

"Acredito que a equipe evoluiu. Conseguiu jogar, ter posse de bola e propor o jogo em alguns momentos. Por outro lado, sofremos alguns contra-ataques. Temos que corrigir isso", avaliou o comandante rubro-negro, que vai ajustar a equipe na base da conversa, com as informações que tem em mãos. "A própria partida te dá dados para você fazer as correções que são necessárias. E temos que fazer isso muito mais na base do diálogo, de um treino bem moderado. Temos que poupar energia. Temos uma maratona pela frente", completou.

Divulgação/Site Oficial
Doriva acredita que a conversa com os atletas pode gerar uma melhora de desempenho do Furacão
Doriva não confirmou oficialmente o time, apenas a entrada de Cleberson, que volta de suspensão, no lugar de Léo Pereira, que recebeu o terceiro amarelo. "Esta é uma substituição certa, mas temos que ter um 'plano b' também. Ainda que optemos por jogar com a mesma equipe, que tem demonstrado evolução, maturidade e tem ganhado 'corpo', precisamos ter um 'plano b' para que, se optarmos por uma mudança”, explicou.

Essa será a última partida na Arena da Baixada com portões fechados e o treinador atleticano espera começar um novo momento à frente do time, com apoio do torcedor, já embalado por uma vitória sobre os baianos. "Esperamos estar 110% para este jogo. É uma partida importante. Depois, sabemos que vamos contar com o apoio da nossa torcida", concluiu.